Provavelmente seria impossível por em uma ordem cronológica todos os acontecimentos dos últimos tempos que me deixaram assim. É mais fácil eu ir falando aos poucos o que meu coração deixar e se dermos sorte ele talvez queira se abrir de vez com alguém desconhecido, alguém que lê lamúrias alheias e que aquece o meu […]

Sabe o que me dói? Não é o fato de você ter feito o que me fez. Nem ter conseguido fazer com que eu não pudesse mais confiar em você. Foi o fato de ter destruído o que havia de mais bonito em mim. Eu esperava qualquer coisa, de qualquer pessoa, menos que você destruísse […]

Esperei pelo beijo depois da briga, só tivemos brigas, esperei na porta do cinema para a estreia daquele filme que você sabia o quanto eu estava ansiosa para assistir, um balde de pipocas amanteigada fora minha única companhia. Esperei que me convidasse para irmos de mãos dadas ver o sol se pôr, e me encontro […]

Eu sei, já está tarde. Quase 4h da manhã. Você deve estar dormindo e sonhando com seus amores platônicos do mundo das celebridades. Mas é que eu queria tanto te acordar com o barulho de uma mensagem… O barulho é suave, prometo não te assustar. É que a madrugada está me torturando e a insônia […]

Não foi como aquelas histórias rotulada com o “Era uma vez”, até porque não teve o inicio da paixão como em um passe de mágica. Foi tudo assim… Tudo acontecendo gradativamente fora do normal e surpreendentemente inesperado. Quando me dei conta me sentia entregue, propensa, vulnerável… Sentia-me sua – até demais -. Não me importaria […]

Não é sempre que acontece. É justo até dizer que é um sentimento que raramente me atinge. Quer dizer, raramente atingia – de uns tempos pra cá tem se tornado habitual essa angustia que me consome por dentro – e quando vem, vem pra me derrubar. É tipo essas gripes repentinas e agressivas que nos […]