Ei, a vida é mais do que pagar contas!

Você já viu como são os astros do rock? Eles andam, caminham até o centro do palco sabendo que são astros. Eles ouvem os gritos das multidões sabendo quem são. E porque você caminha de cabeça baixa? Você tem andado olhando para baixo, olhando para o chão. Não acha que deveria olhar para cima? Seja você o astro da sua história. Você escreve um capítulo novo todos os dias, mas é incapaz de protagonizar seu próprio roteiro. Quem vai se interessar por uma história vazia e sem protagonista?  Você acha mesmo que os astros do rock não fizeram de suas próprias histórias, o roteiro de suas trajetórias?

Não queira aplausos, não precisa almejar por eles, pois serão apenas consequência do teu sucesso. Queira e lute apenas para ser o protagonista da sua história. Não queira assumir o papel de vilão, apesar de sedutor, lá na frente poderá lhe render amargas lembranças. Vamos lá, a vida é um carrinho de montanha russa, e quando estiver lá no topo serão os milésimos de segundos mais importantes e marcantes da sua vida. Você precisa estar preparado para isso. Amplie a visão, solte as mãos, abrace o mundo quando chegar lá. Dessa maneira, quando o carrinho começar a despencar, irá seguir reto até o final com a sensação de dever cumprido. Irá seguir reto até o final do percurso com a alma lavada, ainda que venham os loops.

captura-de-tela-2016-03-18-acc80s-23-14-38

Será que você pode deixar o vento bater no seu rosto? Deixe o vento cortar. O vento ultrapassa os limites, ele traz e leva. Traz as coisas que você ainda não viu, e leva as coisas que você não quer mais. Como? É só liberar a alma. Quando chegar no alto abra bem os braços, observa o seu redor. Olha os prédios, os carros buzinando, as pessoas gritando. Congela a imagem, serão os milésimos de segundos mais extraordinários da sua vida, pode acreditar. Mas porquê? Porque é isso que acontece quando chegamos lá. É isso que acontece quando com os olhos marejados você diz: – Puts eu consegui!

Vamos, seja você o astro de rock dessa porra toda. Sobe lá, e ao invés de gritar desesperadamente porque algo ficou estranho ou porque você está com medo de tudo e de todos, cante. Seja a pessoa que vai chegar no topo, no alto e não vai gritar desesperadamente por medo ou desnorteio de não saber lidar com o sucesso de estar no topo. Seja a pessoa, o astro de rock, que vai chegar lá em cima e ainda vai cantar I don’t want to miss a thing ou qualquer outro sucesso de Aerosmith ou da sua banda favorita.

Vamos, sinta o vento. Tome as rédeas, arregace as mangas. Deixe ser coadjuvante da sua própria história rapaz. A vida é mais do que pagar contas e tentar emagrecer. É mais do que esperar alguma coisa todo sábado à noite. Seja você o seu astro, assim todas as noites serão sábado de algo bom!

Vamos.thamires-benetorio

 

Gosto de você

Gosto de você.

Gosto do seu sotaque e do seu sorriso que arranca o meu tão facilmente… Gosto de como minha mãos se encaixaram tão bem nas tuas e de como me sinto segura em seu abraço. Gosto das rugas que se formam em seu olho quando sorri e dos teus olhares que eu já bem sei o que significam. Gosto da intimidade que se criou entre nós em tão pouco tempo, de achar que te conheço desde sempre e ainda me surpreender.

captura-de-tela-2016-03-18-acc80s-23-14-38

Gosto quando me puxa e dos beijos que se sucedem… dos longos, dos rápidos, dos intensos e dos que pedem mais. Gosto da sua cara de safado, de sono, de cansaço, de fome e de quem me analisa e sabe o que faz… Gosto de ficar te ouvindo e de sentir teu corpo tão perto do meu, das tuas mãos alisando minhas coxas e subindo atrevidamente. Gosto quando me aperta, sufoca e me tira o folego e a razão.

Gosto quando beija meus seios e me olha e de quando beija minha testa e me abraça. Gosto de me perder no nosso gozo e de me encontrar nas nossas risadas. Gosta da sua sinceridade e de quando suplica para que eu fique só mais um pouquinho, quando pede só mais um beijo e faz eu ir me demorando cada vez mais em sua casa até que eu entregue os pontos de novo.

Ah! Eu tenho uma lista gigante de coisas que eu gosto em você, cada dia que passa você me ganha com um detalhe, gosto de saber que sou sua da cabeça aos pés e que saiba apreciar cada pedacinho meu… Seja com a boca, mãos ou olhos, seja me ganhando nas palavras, gestos e em ser exatamente o homem que és, que admiro e que me traz a paz que preciso depois de um dia cansativo.

Antes de dormir, depois de repassar tantas coisas boas na minha mente, eu agradeço a Deus silenciosamente por ter encontrado alguém que sabe me fazer feliz sem qualquer esforço, que faz eu viver plenamente o agora e esquecer o antes e o depois, alguém que parece querer ficar, que eu vejo que também está feliz só por eu estar ali… Hoje isso é mais que o bastante, então eu gosto de você, gosto que esteja aqui para mim.


thamires-alves

Hoje eu não escolhi você, mas…

Na verdade eu tenho tanta coisa pra dizer, mas minha escolha hoje não é você. Hoje, eu não escolhi você. Parece estranho eu sei. Eu tenho deixado um “não”, por toda parte. Eu tenho feito isso, porque única e exclusivamente tenho deixado um “sim” em você. Mas hoje, eu não escolhi você. É, hoje eu escolhi um novo caminho.

Sei lá, acho que preciso me desintoxicar disso. Sim, me livrar de você e disso tudo aqui. Você todo feliz sorridente (confesso que eu ainda sou apaixonada no seu sorriso), e eu aqui me sufocando com isso tudo e todas as outras coisas que preciso dar conta diariamente. Não me leve a mal, mas não acho justo. Não acho que vale a pena, quando a gente se sufoca sozinho. Eu poderia me afogar nessa nossa história, mas se suas mãos ainda estivessem junto as minhas, o que nós sabemos que não é o caso. Então, não me leva a mal.

Sabe, eu na verdade que ria dizer muitas coisas. Eu queria esclarecer as coisas que não ficaram claras. Eu queria falar as coisas que eu não falei, uma delas é que teus braços foram o melhor travesseiro (risos por isso). Bom, eu também queria dizer, que teu sorriso vem endossando essa história há muito tempo. Porque foi nele que eu encontrei essa coisa que me tira o sossego. Ah, eu também preciso falar do nosso beijo. Sim, é incrivelmente bom. Parece que tudo em nós se encaixa perfeitamente. Talvez seja por isso que tive tanta dificuldade em aceitar não ter você aqui.

Olha, dia 16 de dezembro, era uma sexta-feira. Cara, você pode imaginar isso? Eu guardei uma data. Puts, alguém me leva no médico por favor, tem alguma coisa errada! Confesso que como aquelas malucas de novela sabe? Eu não guardei só a data não. Eu guardei teus dois jeitos de me olhar. Em um deles você me devora sempre e no outro me abraça, quase que involuntariamente.  Ainda preciso confessar, que me lembro do jeito que me abraça, assim como quem vai cobrir alguém.

Mas o que é isso? O que eu estou fazendo? Hoje eu nem escolhi você. Hoje você nem estava nos planos. Como é que invadiu minha história outra vez? Alguém ai, por favor, me acorda. Eu só posso estar sonhando. É possível amar alguém assim?

Alguém ai, me acorda por favor. Me diz que ele vai voltar e que não vou precisar outras trilhas tomar. Alguém ai, me acorda!

thamires-benetorio