“Hoje me sinto mais forte, mais feliz, quem sabe. Só levo a certeza de que muito pouco sei, ou nada sei.” A música de Almir Sater com Renato Teixeira vem fazendo parte da minha vida desde a infância. Meu pai, na roda de amigos, costumava cantá-la, enquanto eu ficava ali do lado,  somente ouvindo. A música […]

Um laço somente é posto à prova quando esticado. Isso demonstra a sua resistência. Distanciar uma relação confirma a sua duração. Aqui, me coloco diante da amizade. Até aonde resiste? Parte da minha vida, até então, foi construída em cima de mudanças locais. Então, sempre houve uma separação de todo laço que eu criava em […]

Certa vez, eu sentei e me perguntei: o que farei diante de tudo isso? Isso era o mundo. Naquele momento, eu estava numa transição. A responsabilidade me chamava, e eu ainda estava procurando me situar, ao mesmo tempo que começava a enxergar os tons escuros da vida. De lá pra cá foram inúmeras pancadas, sentidas […]

“Saio da livraria, atravesso o sinal e paro na calçada, olhando para o mar. O vento frio, vindo do mar, no entardecer, nos abraça igual ao filho que, separado da mãe, volta a reencontrá-la. O sol, calmamente, vai se escondendo atrás do grande monte que fica no fim da cidade – ainda consigo ver algumas […]

Se eu pudesse te recuperar da tristeza que te consome, ou mesmo tomar uma parte da dor para mim, o faria. Sei que os momentos difíceis, e com eles os sentimentos confusos, chegam sem permissão, desmontando tudo à frente. São as fases em que nos perguntamos sobre o sentido de estarmos aqui no mundo. Mas […]

Hoje, amanheci no alto do edifício vendo o sol espalhar seus raios timidamente sobre o horizonte. Faltou energia no bairro, mas nem reclamei, pois a vista do nascer do sol quando tudo está apagado é uma das melhores coisas que o ser humano pode desfrutar: uma pequena bola de luz vai surgindo na linha entre […]

Um dia monótono com tempo nebuloso. A chuva cai sem pressa pela manhã de hoje, dando a impressão de que estamos parados no tempo. Tenho a sensação de três dias durarem três meses. Mas é assim o cotidiano de uma pequena cidade: simplicidade e calmaria, onde a vida caminha vagarosamente. Levantei da cama cedo, não […]