Eu decidi partir numa manhã ensolarada de domingo. Tinha ensaiado uns discursos tortos para te dizer, mas não havia nada — de fato — para ser dito. Como que se diz adeus à um amor que deveria ser para sempre? Arrumei as malas enquanto você dormia. As coisas estavam todas sob controle. Eu tinha começado […]

Acho que a ficha só foi cair realmente quando você bateu a porta.    Eu, apenas com uma mochila nas costas, me vi sem chão. Sem apoio. Sem rumo. E então todo um filme me passou pela cabeça.    Como deixamos tudo isso acontecer?   Como transformamos todo aquele amor em uma relaçãozinha fajuta?   […]

Já faz tempo que não te vejo mais. Você partiu em direção ao mundo dos seus sonhos, me deixando em outro, completamente diferente. Soube que você me esperou aquele dia, no aeroporto. Que me odiou ao perceber que eu não iria me despedir. Acontece que eu já havia me despedido, porque eu te vi ir […]

Amanhã terminaremos tudo.  Na próxima alvorada, nossos planos se extinguirão. Nossas promessas bonitas de mesas de bar e de poltronas de cinema virarão fábulas. Seus olhos, diante de mim, fecharão para sempre. Não riremos nem implicaremos mais um com o outro. É amanhã. Amanhã seus lábios recolherão seus desejos. Seus olhos olharão pra mim e […]

Para muitos, se acabou, não era amor. Papo furado. É preciso entender que o que acaba não é o amor, e sim a velha forma com que amamos a pessoa quando a conhecemos. Todo o resto continua. A convivência corrói e constrói ao mesmo tempo; passamos a gostar dos defeitos e cansar da rotina que […]