Ela é o tipo de garota que nasceu para desconcertar você!

O comum não cabe em seu manequim. Cara, olha para ela. A personalidade não é nada parecida com a de uma protagonista da novela das 8. Ela não se deixa titubear por balbúrdias alheias. Anda por aí como se tivesse a fórmula da felicidade. O olhar é daqueles que te encara sem medo de desviar. Não, ela não é dessas que olham rapidamente e se esquivam. Ela faz questão de mostrar que possui interesse. Ela tem a adrenalina nas veias, e possui uma loucura suficiente para te seduzir ao ponto de tu se jogar no mundo dela também. 

Gabriela não é dessas de sorriso tímido, pelo contrário, possui a risada mais escandalosa que eu hei de me lembrar. É meio dia, sol raiando e lá me vem ela, boca marcada por um batom vermelho sangue, e olhos com traços sutis que delineiam um risco preto. Garota de atitudes e de coração fechado. Sim, foi um tal de Otávio que quis brincar de para sempre e partiu antes mesmo do final. Hoje ela é toda na dela, e só tem sede de bons livros, os melhores filmes, brigadeiro na colher e poucos amigos ao seu lado.

Ela acredita que não veio ao mundo a passeio. Ela quer explorar, quer viajar, quer sua marca deixar por onde passar, e também quer se perder em uma tórrida paixão. Mas partirá antes mesmo de você se quiser saber o verdadeiro nome dela. Ana Maria, Carolzinha, Laís, Maria Carolina ou será que é mesmo Jaqueline? Ela admira a pureza das crianças, a bondade dos idosos, e sonha em ser a melhor mãe do mundo. Ela não gosta de meios termos e jamais será sua meia companhia. Ela é do tipo intensa, e gosta mesmo é de sentir sem medo das consequências. 

Você ainda não a convidou para jantar? Rapaz, não sabe o que está perdendo. Se prepare para se afundar em um conto cheio de mistérios. Ela é vaidosa, mas nada delicada. Então não repare quando tiver chantili no canto da boca logo depois dela se lambuzar com a calda de chocolates. Nunca espere que ela fale baixo, ela não é nada contida e mandará você encontrar seu caminho se tentar mudá-la. Você pode convidá-la para uma noite regada ao melhor vinho francês, mas o que a conquistará de verdade? É um algodão doce, mãos dadas em uma estrada deserta ao som de Foo Fighters e um beijo roubado. 

Só não tente imitar o mais esperto e nem o maioral, ela detesta caras que se acham e prefere algo mais real. A reciprocidade é sua demanda. Se para ela você se doar, dela você recebera o dobro de paixão e sempre com uma pitada de loucura. Se um conselho eu puder te dar: seja apenas você e nunca fale de alianças. Ela detesta todo esse clichê banal. E depois que se conhecerem? Você vai querer de novo e ela também. Se for corajoso o suficiente então arrisque, ou não. Ela é do tipo desconcertante e sem sombra de dúvidas uma mulher apaixonante.

IMG_6813

Anúncios