E o menino de saia que gira Gira Gira E ele é tão livre, tão desprendido, tão solto Quebra as correntes como ninguém Come ninguém Mentira, ele come sim Come e gira E o menino de saia toca alguns instrumentos E gosta de pintar o rosto E vai te mostrar que sabe todas as letras […]

A visão do seu rosto faz minha cabeça doer, o som dos seus passos ao redor da cama ainda me amedronta, sei que é seu fantasma que ronda a minha mente, porque você está sempre em minha cabeça, ainda e sempre, pois não estou pronta pra te deixar partir.  Eu gostaria de engolir todas as minhas decisões ruins […]

Eu escolho a liberdade. Estar com alguém nunca é uma decisão fácil, por mais que se goste do outro. Involuntariamente (ou não), vamos deixando de lado possibilidades, romances, flertes, ideias, amizades coloridas e afins, para estarmos com uma única pessoa. E decidir abrir mão disso tudo tem de ser por um bom motivo. Ou melhor, […]

As memórias tristes são tantas que suplantam com facilidade toda e qualquer alegria que eu tenha sentido naquele tempo. Com você, eu conheci o amor nas mais variadas faces possíveis. Fui perdidamente apaixonado, larguei tudo pra te ver, parcelei em trinta vezes aquele presente que fez teus olhos brilharem. E foi lindo. Valeu cada parcela. […]

Mas eu não nasci preparado para qualquer tipo de relacionamento, entende? Não havia nenhum curso preparatório ou testes com afins de aprovação para tal. Então ao longo desta caminhada que tracei comigo mesmo, eu machuquei muita gente ao meu redor. Muita gente mesmo. Não era – nem nunca foi – a minha intenção de fazer […]

A vida é sacana, meu amigo, e nisso precisamos concordar. Ela prega peças em nossos destinos e muitas vezes faz questão de destruir os sonhos que mais almejamos, tentando nos passar alguma lição extremamente dolorida, que no momento não conseguimos enxergar, mas que ao mesmo tempo se faz necessária e mostra que os erros e […]

Somente aquele que jamais amou Dirá haver no amor qualquer escolha. Opção não há, toda certeza lhe dou, Para que este sentimento se encolha. Oh não! Uma vez tomado, o coração Mesmo em teu peito, baterá por ela. Haverá medo, desespero não, Quando se entregar à coisa tão bela! Do meu sentir és a dona, […]