D’outro lado da janela, o céu avisa que já é um novo dia. Num quê ressaqueado me guardo através de lentes escuras e ensaio afogamento num copo d’água. Meio tonta ainda acelero o passo. Era compromisso marcado às 9h quando os ponteiros já beiravam as 10h. Cato as roupas que vejo pela frente, enfio tudo […]

Ontem, no meio da tarde, recebi uma mensagem informando que a Justiça Federal do Distrito Federal – onde vivo – agora permite tratar a homossexualidade como doença. Pensei em milhares de coisas, veio o nó na garganta e só consegui pensar num “puta que pariu, isso não pode ficar assim”. Essa permissão se dá para […]

Pisei em solo mineiro. Lá no interior, fazenda, roça. Da janela do carro, d’outro lado da porteira, avistei meu avô a me esperar na porta como fizera desde que me entendo por gente. Tinha um sorriso de orelha a orelha. O violão estava debaixo do braço, no fundo tocava Milionário e José Rico. Ele abriu […]

Entre chegadas e despedidas, orgulhos e entregas, “fica” e “vai!”, tive que saber lidar com a separação de nossos caminhos. Olha só, esse mundo tem milhares de trilhas que nos são ofertadas o tempo inteiro e todo o tempo, seria egoísmo demais (tentar) te impedir de conhecê-los sem a minha pessoa ao seu lado depois […]

Sair da zona de conforto e olhar para dentro foi um dos desafios mais difíceis e ao mesmo tempo mais gratificantes que tive de enfrentar para me conhecer melhor. Eu que sempre pareci ser tão cheia de certezas, mesmo tendo consciência da minha lua em libra – segundo uma amiga, eu deveria mesmo ter me […]

“A hora do encontro é também despedida”, já dizia Milton Nascimento. Se despedir dói, né? Em menos de um mês, alguns amigos juntaram suas coisinhas e resolveram cada um seguir seus novos rumos, ou nem tão novos assim. Me despedir de alguém é sempre difícil, não importa o cenário. Se existe algo que tenho plena certeza é de […]

Na ânsia de viver a intensa busca pelo tempo bem aproveitado e vivido, entre casos e acasos, a sede de interações, temos preguiça de acumular, mas jamais queremos abrir mão de tê-las. Refém desse momento, dei a sorte de, fazendo o uso da linguagem atual, viver os espaços de realidades e fantasias do mundo do […]