Porr@! É claro que sinto sua falta, como poderia não sentir? Você acha que é em qualquer esquina que encontramos o amor de nossas vidas? Pois bem, creio que não. Eu sinto falta de tudo um pouco, mas não vou adotar o clichê e dizer que a ausência do que não vivemos ainda fala mais […]

 Eu o fito no olhar, e vejo, mesmo que em um pequeno momento, o menino sonhador que sempre me refletiu seu brilho. Meu menino, agora me diga: O que houve com você? Por qual razão seus olhos não transbordam mais sorrisos? Explica-me, como pôde chegar a esse ponto? A alegria e a tristeza funcionam como uma gangorra […]

Ultimamente tenho me pegado em flagra e não fico com vergonha. É aquele susto gostoso e inocente. Me pego admirando cada detalhe do seu rosto e pensando como ainda estou tão apaixonado por você! Afinal, ao te olhar, cataloguei cada sarda de seu corpo e enumerei constelações com o telescópio dos meus olhos, tudo isso […]