Incrível eu ter deixado você escapar. Sério: onde eu estava com a cabeça? Fiquei tanto nessa ânsia de sair e transar com todo mundo, que nem percebi a pessoa incrível que eu estava esnobando. Parece que foi ontem, mas não foi: lá se vão dois anos quando eu comecei a te ignorar. Você vinha falar […]

Lembro de ter acordado. Foi bem repentino, mas costuma acontecer com certa frequência, ainda mais quando não estou dormindo em casa. Dei uma rápida olhada no quarto: armário de madeira embutido, prateleiras com livros, criado mudo e ventilador de teto. Até entender onde estava, fiquei agoniado. Aos poucos, reconheci a moça que dormia ao meu […]

Antes de mais nada, gostaria de deixar bem claro que nunca, em momento algum, foi minha intenção deixar que tal situação acontecesse em minha já complicada vida. Acredito que, para quem leva o amor como sentido e direção de tudo o que faz, tais circunstâncias nada mais são do que ossos do ofício. Vamos ao […]

Não me agrada a matemática. Admirava o número 5, mas preferências subjetivas não têm espaço neste conjunto. Dizia que era meu algarismo predileto, representante da melhor idade que se pode ter enquanto vivo, do número de dedos das mãos, do andar do meu prédio. O ícone máximo dos ímpares, patrono daqueles que se quedarão eternamente […]

Eu quero alguém. Podem ser “alguéns” também, não necessariamente precisa ser uma pessoa só. Tenho até uma ex-namorada que chegou a amar três pessoas concomitantemente. Eu nunca consegui, mas deixo todas as portas abertas. Gosto de um ventinho natural. Voltando: eu quero alguém. Queria uma pessoa que topasse beber uma cerveja comigo agora. Sim, agora. […]

Confesso que não pude me conter de tanta felicidade ao receber uma mensagem sua, Amor. Foi tão inesperado e surpreendente. Fazia quase dois anos que você não me respondia, achava que eu já estava condenado ao monólogo eterno que se tornou nossa tenra e moribunda “relação” (tentarei destacar o termo toda vez que usar, sei […]

Bom dia, meu Amor. Preciso parar de usar o pronome possessivo; nossa relação, mesmo quando existia, era composta de tudo, menos posse. Hoje, completo três meses aqui em Itacaré. A saudade, evidentemente, aperta demais meu coração, mas logo me lembro de que, não importa o lugar onde eu esteja, você jamais voltará para os meus […]