Ame enquanto há tempo

Sim, de todas os sentimentos que nos foram dados por alguma força maior em alguma parte da história humana, tem um que é capaz de salvar grande parte do que ainda acontece ou aconteceu de ruim em nossas vidas. Você deve estar pensando que aqui, eu vou falar sobre encontrar um parceiro, um companheiro ou alguém para que você coloque em prática esse sentimento, o famoso amor.

Cara, olha aqui, ame tudo o que está ao seu redor, faça esse favor para a sua cabeça, tenho certeza que a mente ainda vai te agradecer. Aproveite, ame o sorriso da criança que brinca perto da tua casa ao invés de xingar elas por estarem “atrapalhando” a sua paz. Fala pra mim: Aonde está a paz no meio desse teu caos? Ame, sem ter medo do que os outros vão achar. É sério. Que se foda o seu orgulho, que se foda o seu rancor, que se foda quem quer te ver pra baixo, tem tanta gente por aí que quer te ver bem e você afastou pelo simples fato de não querer se “rebaixar” e perdoar. Já pensou nisso? Sei que é difícil aceitar o que eu escrevo aqui nesse momento, mas pare de brigar com o seu interior, aceite.

Então, quando der, quando o seu precioso tempo estiver vago, ame. Ame aqueles que te deram a vida, aqueles que te ajudam a manter ela, aqueles que acreditam em ti e aqueles que não saíram do teu lado em momento algum. Ame quem te beija e deseja bom dia antes de sair de casa de manhã, ame quem lembra de você por mensagem ou de qualquer outra forma. Valorize quem está aí e as coisas que te fizeram sorrir hoje, sorrisos são raros no momento atual. Solte o “eu te amo” que tem preso aí dentro, não deixe ele morrer afogado em suas mágoas.

Ame enquanto há tempo, ame hoje mesmo, sem ter medo de nada. Ame, sem temer o que vai ser do amanhã. Afinal, a vida é curta, e pode não haver uma nova manhã.

IMG_2650-0

 

Anúncios

Voa, beija-flor!

Você foi como beija-flor, sabe? Chegou e alegrou meus olhos, agraciou quem estava presente por perto, mas no fim, fez como todos os outros sempre fazem. Você chegou, usufruiu de todo o doce que eu tinha para te oferecer, de cada grão de açúcar. Mas no fim, como qualquer outro beija-flor que já passou por aqui, você foi embora.

Você, foi como um beija-flor por agir com rapidez, por muitas vezes achar que passava despercebido e por fazer com que as coisas aparecessem ali, na minha frente, sem que eu visse. Mas como disse uma música certa vez: “amores vem e vão, são aves de verão”. Você foi, mas eu já não ligo, você foi embora e eu te juro, vou aprender a viver comigo.

Não me importo se você foi o primeiro que apareceu por aqui, quanto tempo ficou. O que vale é que a vida segue, sem você aqui, afinal, beija-flores ainda virão e, aposto que muitos ainda irão embora como você fez. Então, me deixa aqui no meu cantinho, eu mereço muito mais do que o seu medo de ficar ao meu lado, do que a sua falta de companhia.

Quem sabe, cara, tu ainda tente voltar, pois sabe que aqui encontra o que precisa. Mas dessa vez não, você não merece o doce das minhas palavras ou o mel da minha boca, você está fora do jogo. Beija-flor, vá embora mesmo, sua beleza serviu apenas para me enganar. Hoje, de olhos abertos, existem várias aves migratórias que querem me levar para belas viagens e, quem sabe, em uma delas eu perceba que não precisa voltar pra você.

Quem sabe, eu não volte pra cá, não volte pra você e muito menos para as suas mentiras. Quem sabe, eu tenha nascido com um outro objetivo e você fique inativo. Quem sabe, beija-flor, meu caminho seja esse mesmo, sem titubear.

Quem sabe, eu tenha nascido para isso:

Ser livre e aprender a voar.

IMG_2650-0

Quem disse que nós dois não podemos dar certo?

É, desse jeito, como quando um dos gângsters de Scarface ou de Pulp Fiction invadem um local já enchendo os capangas de perguntas e furiosos, loucos pela resposta. É dessa forma mesmo, seco e grosso que eu quero saber: Quem foi que não acreditou em nós?

Pois, hoje, pasmem! É natural saber que ela está ao meu lado, que a felicidade mora no meu peito e, também, mora no meu sorriso. É natural saber que nós parecemos ter nascido um para o outro. Eu não acreditava em alma gêmea, eu juro pra ti, mas hoje eu acredito. E não sei qual o motivo, mas ela me fez acreditar em nós dois, me fez saber que daríamos certo.

Talvez tenha sido você. Você é o ponto principal que fez com que todos que não acreditavam em nós mudassem de ideia e hoje sorrissem por ver o quanto nosso relacionamento vai bem. Tem tanta pergunta que passa por aqui e eu não sei explicar, me conta, você usa magia, não é?

Sabe, e se ninguém acreditava? Quem é que liga? O importante foi que nós dois acreditamos, o importante é que hoje tem alguém que anda ao meu lado de mãos dadas, que aceita cozinhar ao meu lado ou apenas pedir uma pizza. Alguém que mergulha comigo, na cachoeira, na piscina e principalmente no nosso relacionamento. Quem sabe você e eu não poderíamos realmente dar certo, mas ninguém precisa de “você e eu” quando fortalecemos cada vez mais o “nós”.

Um recado para quem nos via juntos.

Para quem dizia que não poderíamos dar certo.

Se ainda não acredita, estamos aqui.

Olhe mais de perto.

IMG_2650-0

Hoje eu acordei e senti sua falta

 

Hoje eu acordei procurando por você na cama, o olhar meio embaralhado não deixou que eu te encontrasse, meus braços se sentiam vazios, sem o seu peso sobre eles e eu, preocupado e sozinho, sem condição alguma, decidi levantar da cama.

Levantei porque queria ter você aqui, queria sentir o teu perfume, seus lábios tocando a minha bochecha e seu corpo sendo envolvido pelo meu abraço logo após um bom dia, dito espontaneamente bem no seu ouvido. Eu queria te ver usando a minha camisa, que foi a primeira coisa que você encontrou no quarto antes de sair para ir até a cozinha e preparar o nosso café como forma de agradecimento por algo que, na verdade, era eu quem deveria ter te agradecido.

É como diz aquela música do Detonautas, sabe? Hoje eu acordei e te quis por perto. Mas foi difícil, eu não dormi ao seu lado, não arrumei seu travesseiro junto ao meu e nem tive aquele carinho sobre o meu corpo antes de dormir, enquanto você escora a cabeça aqui, colado do meu ombro. Eu queria a maciez do seu toque e a pureza que o seu olhar me traz, mas querer, meu bem, querer não é poder e disso, nesse momento, eu tenho certeza.

Então, eu decidi voltar.

Voltei para a cama para poder sonhar.

Afinal, eu preciso te dizer, convenhamos:

Nem todos os sonhos que realizamos dormindo são fáceis de se realizar depois que acordamos.

IMG_2650-0

Ela precisa de você

 

Deixa de lado, tá? Deixa de lado o seu dia, as coisas importantes que estão acontecendo ao seu redor, suas palavras e suas tentativas de assuntos que podem não ser tão importantes assim. Deixe de lado qualquer coisa que hoje possa afetar algo ou alguém. Nada mais foi o auge da sua vida hoje, então, espera só mais um tempinho para pensar em você hoje, tá? Deixa pra lá.

É que hoje, meu amigo, ela precisa de você mais do que precisa de qualquer outra coisa. Ela precisa da tua atenção, do teu cheiro e do teu toque, da tua concentração e da forma como você parece se importar com cada nova história que ela vai contar. Então, meu amigo, hoje é o dia para prestar atenção nela e em mais nada, desliga o celular, fecha o notebook, deixe com que ela escolha o filme e sim, não poupe na hora de comprar a barra de chocolate, o sushi, a pizza ou qualquer que seja a vontade que o paladar dela tiver hoje.

Sabe, o dia dela pode não ter sido o mais fácil, mas mesmo assim ela está aqui. Sabe por que? Ela acredita em você! Hoje ela chegou aí porque sabia que você iria ceder o ombro sem custo algum para que ela escorasse a cabeça e ficasse em silêncio, quieta, para que pudesse recarregar suas energias. Ela sabia que em você iria encontrar tudo o que precisava e, pelo jeito, encontrou.

Não se assuste se hoje ela estiver cansada, não procurar teus beijos e não gastar tanta força para te abraçar. É que hoje o dia dela foi realmente difícil e você está curando ela aos poucos. Prometo pra ti, quando ela voltar vai estar bem melhor.

Hoje ela só precisa do remédio para os nervos dela: Você.

Então, amigo. Deixa de neurose

Trate-a bem a cada nova dose.

IMG_2650

Um ano cheio de oportunidades

Preciso te dizer que novas oportunidades estão surgindo e, meu bem, não me refiro à todas aquelas trezentas e alguns quebrados que todos esperam que esse ano traga, que todos tem postado por aí e que todos tem partilhado como se fosse um sonho comunitário, não mesmo.

Não, porque eu quero te lembrar que as suas oportunidades é você mesmo quem cria, basta acreditar, você é quem representa seus sonhos aqui, lembra?. É natural, como o sol se pondo e a lua nascendo, um ano novo está pela sua frente mas logo, voando, ele será ano velho e aí eu não quero ouvir ninguém dizendo que não aproveitou ele como deveria ter aproveitado, entende? É que o tempo voa e cada momento deve ser levado em consideração. O que não for lucro, será aprendizagem.

Então, aproveite cada beijo, cada abraço, cada novo som e cada oportunidade de estar aonde queria estar. Diga que sentiu saudades, que amou, que quebrou a cara e que conseguiu consertar tudo, fale sobre sorrisos, cafés, cervejas e quem sabe até sobre levar seus filhos para dar uma volta. Ame de mão dadas, de cafuné no colo e depois de algumas rodadas na mesa de um bar. Fale, sinta, corra. Mas, por favor, aproveite o que vier, aproveite como der, crie, explore, exploda e faça o que der na telha.

Mate seus desejos, realize seus sonhos e cada vez que uma oportunidade surgir, não deixe de aproveitar.

Afinal, tem um ano novo batendo na sua porta.

Mas, e aí? A casa está arrumada para deixar ele entrar?

IMG_2650-0

Eu não me importo com você

Não, esse não é um texto pedindo para que você vá embora, para que você levante e junte suas coisas enquanto diz chorando e olhando diretamente para mim aquela palavra que arde como o vapor que insiste em descer junto com a comida quente pela boca e queima nosso interior: “Adeus”.

Não, meu bem! Não quero que você vá nesse exato momento, fica aqui, puxa a cadeira e senta. Afinal, esse texto aqui e essas sinceras palavras são para que você se sinta confortável de estar aqui. Fica, porque eu não vou me importar com você. Não me importarei com você aqui e com tudo isso que você julga “incômodo” para mim. Eu prometo, pode ficar. Me aperta quando a cólica doer e der aquela dor do inferno, se ajeita no meu braço e dorme enquanto eu assisto alguma bobagem qualquer na televisão, eu juro que não me importarei de carregar você até a cama pendurada no meu pescoço e com muito cuidado pra não te acordar, amanhã de manhã eu conto como você chegou até a cama.

Eu não me importo mesmo, pode usar meu chinelo, meu cobertor, meu travesseiro, meu colo, meu corpo e ainda abusar do perfume que está no meu pescoço e faz tão bem ao teu nariz. Eu quero é muito mais de tudo isso, muito mais de você aqui e ainda poder te dar muito mais conforto. É claro, sem me importar com nada. Vem cá, eu sei que tu não quer mesmo que eu seja responsável. Eu juro que não vou me importar de não poder me esparramar pelo colchão,  então eu prefiro ficar aqui, abraçado. Eu vou te deixar um aviso, tipo esses post-it’s que deixo de vez em quando pra ti:

“Não espere de mim um homem tão responsável. Mas faça do meu coração, a morada mais confortável.”

IMG_2650-0