Amei todos! Amei o que me sorriu de primeira. Amei o que me mandou flores com um bilhetinho fofo, que tinha alguma escrita sobre o amor. Amei o que em secreto colocou chocolate na minha porta todos os dias da semana, sem que eu percebesse que assim fazia. Amei o que tentou me amar, mesmo com todo seu jeito bruto de ser. Amei àquele que foi meu amigo, parceiro, companheiro de todas as horas e que sonhou comigo. Amei aquele me deu a mão em tantas festas e dançou comigo prometendo que me levaria ao altar no dia seguinte. A noite de farra e todas as danças já era o nosso matrimônio, mesmo que não percebêssemos.

Ah, eu amei também o beijo doce do moreno de riso fácil. Amei os olhos do loirão faceiro sobre mim. Amei aquele bruto, rústico e sistemático que tentou me laçar em um dia de sol quente. Amei, amei muito.

Ah, como eu amei! Seria injusto eu dizer que nunca amei. Não foi porque passou que o amor não existiu. Todos existiram e foram suficientes para que durassem até onde as minhas lembranças pudessem chegar.

Quando o amanhã vier talvez não estejam tão presentes como hoje, mas eu saberei de qualquer maneira, que amei! Porque ainda que a minha memória falhe, as marcas do tempo sobre mim não me deixaram esquecer, que amei e mais do que isso fui amada.

Dizem que amor é jogo de azar, eu prefiro enxergar de outra maneira: amores são flores colhidas ao longo do tempo. Somos um jardim e mais do que ter as mais lindas flores ou os melhores perfumes, importa-nos ter a capacidade de em todas as estações, saber florescer!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

CATEGORIA

Thamires Benetório