O que foi que aconteceu com a gente?

 

Eu não quero ser só mais uma estatística. Não quero ser aquela pessoa que percebe que se perdeu só quando não há mais caminho pra voltar.

 

A gente era um todo, hoje somos só uma parte, mas uma parte do todo. Não dá pra simplesmente dizer que as coisas não são mais como eram, parar no meio do caminho e desistir. Se somos parte, é porque um dia já fomos todo. E isso me dá esperanças pra fazer algo bem raro nas relações de hoje: reconstruir.

 

Só que pra essa nova empreitada eu preciso de cooperação. Preciso de algum tipo de garantia de que, se eu me jogar sem ver, você vai estar lá pra me segurar.

 

Pra reconstruir, é preciso confiança. E você já ameaçou quebrar a minha algumas vezes. Não falo isso com mágoas e ressentimentos. É só pra lembrar que, se for pra gente resgatar com fé tudo aquilo que nos trouxe até aqui, eu preciso do teu comprometimento total. Só assim serei capaz de ficar bem e não me sentir idiota por crer que há saída.

 

Eu não sei se você se lembra, mas a gente criou um mundo só nosso. Tinha muita vida lá dentro. Depois de muito tempo no automático, você me fez sentir vivo de novo.

 

É difícil, pra mim, acreditar que isso seja algo que se possa jogar fora. Não acredito que não há marcas no teu coração como há no meu. Se houvessem dúvidas com relação a isso, minha proposta de reação nem seria uma realidade.

 

Mas, agora, chega de papo. Me dá a mão. Vamos provar pra esse mundo que a gente pode voltar pra onde estava. Que o amor se renova quando a gente se empenha por ele. Que as surpresas podem surgir até das maiores trivialidades.

 

Vem comigo!

 

Vamos provar pro mundo que a gente sabe como fazer pra ser feliz. Do nosso jeito.

 

Aquele jeito que parece esquecido, mas que pode ser encontrado dentro de cada sorriso sincero teu.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

CATEGORIA

Júnior Ghesla

Tags