A vida é sacana, meu amigo, e nisso precisamos concordar. Ela prega peças em nossos destinos e muitas vezes faz questão de destruir os sonhos que mais almejamos, tentando nos passar alguma lição extremamente dolorida, que no momento não conseguimos enxergar, mas que ao mesmo tempo se faz necessária e mostra que os erros e acertos são mais duas coisas responsáveis pelo amadurecimento de cada um, e precisamos de ambos para o sucesso florir.

O nosso problema é o desespero, achar que o fim do mundo é amanhã e chorar como se as coisas nunca mais fossem ter uma solução. Lidar com algo simples, como se fosse gigante. Dramatizar, muitas vezes sentir demais e colocar a sua vida inteira dentro de um único acontecimento.

Somos movidos pela energia negativa e pesada que o mundo faz questão de depositar sobre nossos ombros, como se um erro te fizesse ser menor do que todos os teus acertos, e apagasse os teus créditos e momentos de glória até ali. Por isso vivemos nessa de que não importa mais quantas coisas deram certo, quantas pessoas eu fiz sorrir, quantas amizades eu cativei ou simplesmente, em quantas provas eu fui bem. Se algo, por menor que seja, sai dos nossos planos, a angústia é de matar e simplesmente não nos damos conta do quanto os erros e as derrotas são importantes para as nossas maiores vitórias.

Eu mesma já passei dias no quarto, trancada, pensando em como a vida era injusta e procurando formas de encontrar o meu lugar nela. Chorei até as minhas lágrimas acabarem e gritei aos quatro ventos o quão desacreditada eu estava. Tive certeza de que era o fim, e que aquele momento acabaria com qualquer esperança de algum dia eu viver o destino dos meus sonhos, o que eu acreditava e jurava querer, mas tudo isso sem saber eu que dali vinha só o início, só o primeiro passo de uma das coisas mais certas e realmente reais de toda a minha vida.

Porque por mais difícil e doloroso que seja, no final tudo se ajeita. Chega um determinado momento da vida em que só nos resta lutar, correr atrás dos nossos sonhos e deixar com o tempo a missão de decidir quando cada coisa deve acontecer. A mesma chuva que cai e molha, é a responsável por regar e fazer tudo florescer. Dentro de um certo tempo e de um determinado contexto, as coisas se encaixam no seu devido lugar e o que ontem era desespero, passa a ser a trilha do teu futuro e a razão pela qual tu voltaste a sonhar.

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

CATEGORIA

Nathaly Bonato

Tags