Eu sei que disse ainda há pouco que estava boba de feliz — e eu realmente estava —, mas às vezes parece que tô remando numa piscina infantil esperando uma maré que não existe. Esperando uma onda de boas notícias que nunca chega. Qualquer pontinha de felicidade instantânea. Sei lá…
Talvez seja aquele efeito que tem em ler crônicas demais do Caio. Ele tem esse lance de fazer a gente lembrar das tristezas e compará-las com metáforas que só a gente entende (a gente quem?). E quando percebo já tô aqui escrevendo como quem começa mais uma crônica — porque escritor tem essa mania de fazer tudo virar texto, poema, acontecimento grandioso que precisa ir pro papel. E nem aconteceu nada. E talvez seja esse o problema. Tédio. Puro tédio. Daqueles de fim de domingo, antes do Domingão do Faustão, quando começa o desespero porque tá acabando o fim de semana e a
 segunda tá logo ali, espreitando, faminta, esperando pra atacar. Sabe? É isso.
 — Eu já disse o tanto que tu é foda?
— Já. E eu queria enxergar essa fodeza (?) toda também. Porque de vez em quando só enxergo uma preliminar sem sal nem açúcar, daquelas que são interrompidas por qualquer outra coisa sem graça que tire a atenção.
E olha eu brincando de ser poeta, de me ler e me escrever, ironicamente, mandando tudo pra você. Talvez porque eu saiba que tem um pouco de mim aí. E talvez eu precise que esse outro eu, que está aí com você, seja diferente do eu que tá do lado de cá. Só pra eu sentir uma alfinetada de esperança ou qualquer coisa que me faça querer atravessar dezembro, mais uma vez.
Odeio dezembro, já te contei? A gente tem um caso de amor, paralelo, quase secreto, mas eu odeio dezembro. Esse cheiro de ano novo vindo ali da esquina me lembra das sete ondinhas e onda me lembra praia, praia me lembra mar e mar… Bom, me lembra que eu continuo remando não sei pra onde, esperando uma onda que nunca vem.
(…)
Acho que preciso sair dessa piscina.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

CATEGORIA

Giselle F.

Tags