Ela é ansiosa. Ela é super agitada. Ela deita às 10 horas noite, mas não consegue dormir antes das 2 horas da manhã. Ela não escuta o despertador, porque quando pega no sono dorme feito pedra. E, mesmo assim, ainda acorda muito bem no dia seguinte. Para ela, poucas horas são mais do que o suficiente. E a história de 8 horas não é regra.

Poucas horas pra dormir, menos horas ainda pra comer, algumas pra trabalhar, outras poucos pra estudar e o resto é pra amar. Ela controla o relógio. E cada virada de ponteiro precisa ser uma novidade na vida. O papo comum vira passado. O que surpreende vira o presente, mas só até deixar de ser surpreendente.

Pode fazer um cafuné enquanto ela fica deitada no teu colo imaginando tudo que pode acontecer. Ela é o tipo de mulher que me deixa assim, o tipo que já deu nó em mim, que some sem me ver e, às vezes, ama sem dizer. Não faz poesia, embora saiba fazer. Não chama pra dar “bom dia”, mas não consegue te esquecer.

Ela investiu tempo com pessoas demais. No final, eram todas diferentes, mas com finais quase iguais. A maioria era de beijos, amores e transas normais. Até teve presentes legais, mas nenhum parecido com os dele, muito menos iguais. Só sente saudade de momentos que não se tornam banais. Ela é demais.

Ela pode ser complexa demais para tentar entender. Pode até ser difícil demais de conviver. Mas isso não é o que ela quer ouvir você dizer. A verdade é que ela quer ser ela junto com alguém fora do normal, porque ela cansou do habitual e de quem só tenta ser todo social. Ela é o que quer, não importa se para você é bom ou mau. Ela é ela e ponto final.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

CATEGORIA

Deivid Rafael

Tags