Nocauteada. Depois de um banho demorado, ao som de Zeca Baleiro cantando “flor da pele” e algumas lágrimas se misturando com a água e lavando a alma, eu conversei comigo mesma e percebi que eu tinha perdido. Essa batalha eu aceito a derrota.

Ser intensa é carregar muitas marcas, dores, agonias, medos. É parecer não se contentar com o que a circunstância oferece e querer mais. Sempre mais. É parecer não ter controle de nada e ser comandada única e exclusivamente pelas emoções. Pelos sentimentos. Acho que não aguento mais o ônus de ser assim. De sentir tanto assim.
É melhor frear. E se não conseguir, de fato, que se consiga fingir. Eu quero agora aprender a me resolver sozinha. Talvez eu esteja querendo um nível de maturidade e autossuficiência muito alto, mas é que ser tão transparente e vulnerável não está dando mais. Meu coração é estraçalhado inúmeras vezes em poucos dias. Vivo à flor da pele.

Em outras palavras, eu fervilho sentimentos na pele. Sinto tudo. Sinto muito.
Cansei… Meu corpo está pedindo um tempo. Meu coração pede arrego. Minha alma clama por tranquilidade. Equilibrar-se nesse caos emocional não está dando mais. Aprender a andar, sem tropeçar, nesse emaranhado de sentimentos, não está sendo possível.
E é por isso que, hoje, eu sinto que perdi para o mundo.

As pessoas, as situações, os encontros, o acaso, o mundo não está pronto para receber esse meu jeito. Talvez eu precise fazer o que sempre li por aí e até achei que tinha aprendido a não fazer: me espremer para caber nas caixas que nos colocam. Acho que, por ora, vou aceitar essa condição. Não tenho mais peito para enfrentar tudo isso. Não tenho mais ânimo para sentir tudo tão intensamente.

Fechei-me internamente para balanço. Preciso aprender a segurar essas feras aqui dentro. Demonstrar menos. Ser um pouco menos. Dizem que tudo em doses altas pode fazer mal, não é? Pois então… Acho que tive uma overdose de intensidade.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

CATEGORIA

Ana Luiza Santana

Tags