Hoje quando acordei senti que nunca foi tão difícil aguentar as saudades que tenho de ti. Assim que abri a janela do meu quarto, o sol invadiu tentando iluminar um dia escuro sem a tua presença. Senti vontade de voar ao teu encontro e sentir o conforto do teu abraço. Tive necessidade de ti, me digas como entender?

Preparei meu café e tudo veio a tona. O amargo me trouxe a acidez de novamente pensar em não te ter aqui. Mais uma vez quis sair correndo e fugir deste mundo injusto que não me deixa deitar no teu ombro todos os dias. A cada minuto eu me lembrava de um momento mágico, a cada vez que me pegava olhando para o horizonte com a cabeça nas nuvens, na verdade meu coração estava em ti. Por todas as vezes que corria para o teu abraço procurando proteção, por todos os momentos em que tu me disseste: ‘’calma, vai ficar tudo bem. Eu estou contigo’’. Cada olhar cheio de desejo e orgulho, cada mensagem cheia de amor e medo de ser feliz.

Na verdade nós somos tão lindos e ao mesmo tempo tão bobos. Deixamos passar entre nossas mãos a chance de sorrir. Nós fazemos de tudo para ficarmos perto e ao mesmo tempo temos medo de ficar lado a lado. Sempre que nossos olhares se encontram você desvia e me faz fixar o chão com o coração em pedaços implorando para você consertar. Será que é difícil te mostrar que nada mais vale a pena senão os nossos sorrisos interligados em um beijo? Será que vai demorar até meu coração cair na real e perceber que na verdade todas as suposições não passaram de meras ilusões e que nada pode ser verdade?  Antes de ser sozinho, me diga se por acaso eu posso te esperar…

Se a resposta for sim, tenhas certeza de que mesmo depois da passagem de muitos anos eu vou estar aqui, fazendo jus a promessa na qual disse que te amaria acima de todas as coisas e te protegeria do mundo sem amor. Pode crer que nada nesse mundo vai fazer eu me esquecer de nós dois, pois você já fez morada ampla no meu peito e talvez essa dor que eu sinto, seja apenas você fortalecendo os rejuntes da sua casinha em mim para depois sermos felizes. Prefiro realmente acreditar que essa dor no final valerá a pena…

Eu te sinto por todos os meus sentidos. Te observo de distâncias indeterminadas e posso ouvir o teu coração. Eu te amo e viverei contigo nem que seja em um sonho lindo. Quando eu acordar e sentir o que senti hoje, vou lembrar que não fui o suficiente para te fazer acreditar e então dormirei de novo para assim quem sabe, sonhar com nós dois.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

CATEGORIA

Nathaly Bonato

Tags