Eu te vi de perfil, atravessando a porta da minha vida e já sabia que algo especial havia em ti. O teu olhar tão doce e o teu sorriso aberto. O teu caminhar, o falar, a voz e o cheiro ao passar entravam na minha mente e ao tu se distanciar, meus olhos não conseguiam te deixar partir, pois desde o primeiro momento eu te queria ali, comigo.

E era errado. Tudo estava errado. Nunca foi certo arriscar o meu mundo para poder conversar pelo menos um pouquinho contigo todos os dias, para ter o teu ombro amigo e o teu sorriso. Mas tudo valeu a pena quando esse suposto mundo desmoronou e tu eras a única pessoa que estavas lá para amortecer minha queda. Quando um buraco no chão se abriu e com todo amor e carinho tu novamente o reconstruiu.

E foi então que o que já era claro passou a fazer sentido na minha cabeça, sabe? O frio na barriga do primeiro olhar trocado, o arrepio do primeiro abraço e a confusão na mente de sentir tudo aquilo. Passei a desejar muito mais a tua companhia, pois era só assim que me sentia inteira novamente. O buraco no meu coração foi se fechando aos poucos e quando todos os sentimentos anteriores se juntaram para aplaudir nosso primeiro beijo, ele já estava inteiro novamente e esperando para te aquecer quando o inverno apertasse.

Sem perceber nos tornamos um só. Não houve medo e nem receio de ser feliz. Simplesmente embarcamos em uma jornada sem roteiro algum e fizemos nossa própria história acontecer fora dos livros ou das telas de cinema. Não precisávamos de mais ninguém, só de nós. Nos encontrávamos no olhar um do outro e nos perdíamos ali também. Entramos de cabeça em um destino incerto e fizemos dar certo, porque o que tínhamos bastava para mudar o mundo inteiro e tornar tudo mais bonito.

E para falar bem a verdade, nem sei por que usei o passado para me referir a ti, afinal, tu estás aqui! Estás no meu coração, na minha pele e na minha alma. Estás no meu amor e em cada frase perdida que salvei na memória do celular. Tu estás no vento que vem e sopra o teu cheiro me fazendo dar o suspiro mais profundo do dia. Tu estás aqui, ai, ali. Tu estás em mim e no meu amor que desde o primeiro momento, soube que era para a eternidade!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

CATEGORIA

Nathaly Bonato

Tags