Cansei das suas desculpas repetidas, de todas as meias verdades. De te ter ao meu lado e sentir saudade de quando eu era inteira. Acho que insistir tanto em encontrar um jeito de fazer a gente dar certo, fez com que eu perdesse uma parte minha. Uma parte importante, aquela do amor próprio, de se sentir suficiente, de se bastar.

Eu sei que é verdade o que você diz, que vou sofrer se for embora, mas também sei que você diz isso para me fazer ficar, não por se preocupar comigo. Eu sei que vai doer, mas vai passar, sempre passa, não é mesmo? Você não é o meu primeiro desacerto, talvez seja o maior, mas eu sei que também vai passar.

Vai doer, mas me dói mais a ideia de ficar sofrendo aos poucos, de estar sozinha em uma relação que a tempos só existe para mim. Eu sei que vou chorar, mas cada lágrima a mais vai ser em mim menos de você. E eu vou ficar bem, vou voltar a amar, primeiro a mim mesma, depois alguém que entenda o que é reciprocidade.

Anúncios

Participe da conversa! 1 comentário

  1. Maravilha de texto, fazemos nossa parte em cuidar,cultivar o relacionamento, se dedicar. MAS, se o outro parece não estar na mesma vibe, deixar partir é necessário. Segue o baile.

    Curtir

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

CATEGORIA

Victor Érik

Tags