09/11/2017

Mira

(Mira)

Mira no futuro, meu amor
Pois é lá que nos vejo agora.

Hoje vivo o presente,
Mas é o amanhã que busco construir,
Com calma e esmero,
Tijolo a tijolo.

Saiba que o amor se constrói na proximidade.
É no despir do corpo,
Que os corações se encontram.

Chegue mais perto,
Quero ver seus fantasmas,
Conhecê-los,
E, com carinho e coragem,
Vencer um a um.

Reconheço que o choque de dois mundos
Sempre resulta em explosão.
Mas saiba que se o fogo é a energia que cria,
O amor é a brisa que pacífica.

Saiba, ainda,
Que não temo assombrações.

Meu único receio
É, não te conhecendo,

Erguer nossa casa
Em terreno arenoso,
E depois ter que assisti-la ruir
Na primeira tempestade.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

CATEGORIA

Rafa Lima

Tags