08/11/2017

Eu tive medo

Eu tive medo desse novo que surgiu em minha vida. Pois, quando estamos em uma estrada tão escura tememos qualquer feixe de luz que aparece. É como se não fosse possível mais acreditar que realmente fosse dar certo.
Eu tive medo de arriscar. Sair da zona de conforto não é tão fácil como dizem as frases de autoajuda. É preciso agir por impulso depois de vários pensamentos que só deixam a cabeça ainda mais confusa.
Eu tive medo das consequências dos meus atos. Porém, eu aprendi que cada escolha era a única coisa que eu poderia fazer naquele momento. São essas pequenas coleções de atitudes que me ajudaram a me tornar quem eu sou.
Eu tive medo de deixar de viver. É assustador quando nos damos conta que estamos sobrevivendo no meio desse caos e se escondendo por trás da rotina. Ainda bem que reconheço minha alma ao olhar no espelho.
Eu tive medo de errar. Aprendemos a ter sabedoria e discernimento através de muitas percas e cicatrizes conquistada ao longo dos anos. Ao contrário do que pensam, a maturidade não vem com a idade, ela vem com o que decidimos fazer em cada situação. O processo é árduo, mas a experiência é válida.
Apesar de todo esse medo que ainda insisti em me acompanhar, eu sigo meu caminho. A diferença é que eu sei onde quero chegar e os percalços já não assustam tanto assim. Hoje, eu sei que medo faz parte, mas não deixarei que tome conta do todo. E você, teve medo de quê?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

CATEGORIA

Mikaele Tavares

Tags