Ele cansou da rotina do dia-a-dia. Filme no cinema não era legal, a pipoca queimada, o refrigerante sem gás e não era mais tão boa a companhia. É mais uma história de um amor de uma vida que virou água em ralo de banheiro. E esse é o momento que você vê quebrar em pedaços o que parecia inteiro.

Ela lembra de cada detalhe daquele dia. O dia que ele colocou a mão em seu ombro direito pra me pedir um favor simples. Ir embora. Pediu com tranquilidade e sem uma gaguejada sequer. Não hesitou, não repensou, não pediu desculpa, não beliscou para lhe acordar do pesadelo e nem fingiu que era tudo uma grande piada. Ele só pediu pra que ela fosse embora, declarando com uma firme certeza que não desejava ver ela voltar um dia.

E não confunde a história deles com um dos clichês que você já viveu ou ouviu falar. Porque ele amou depois que não teve mais. É o que chamamos de “amor platônico”, se eu for citar algo que li na Filosofia. Você ama o que deseja e deseja o que não tem. Ou seja, quando passa a ter, o desejo acaba e amor passa a não existir também.

Então, a vida dele agora é isso. Quando ela foi para longe, ele teve que aprender a esperar sozinho na fila do banco, do mercado e do hospital. É essa a hora que o desejo volta e o amor vem. Mas essa hora já está atrasada há tanto tempo que nem o ponteiro do relógio gira mais. A pilha desse amor acabou e não pode recarregar.

Essa história começou com ela na sacada e ele na balada. Ela saindo. Ele voltando. Ela querendo. Ele fugindo. Ela insistindo. Ele mentindo. Até que tudo mudou e enquanto ela desistia, ele estava voltando. Ela ficou sorrindo. Ele amou chorando.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

CATEGORIA

Deivid Rafael

Tags