Por vezes penso não termos mais tempo. O tempo vai passando e insiste em deixar claro que o que restou da gente foi uma pilha de assuntos mal resolvidos.  Fomos acumulando nossos desentendimentos,  fingindo não os ver, até que a pilha ficou tão gigante, que tornou-se impossível deixar de lado. As desavenças ficaram cada vez maiores e nós ficamos pequenos dentro do espaço enorme que deixamos criar entre a gente.
Se no meio dessa confusão de sentimentos, um “post it” caísse ao chão, sem dúvidas seria um dentre os mais de cem em que escrevi “o que tem nessa boca que vicia tanto?”. O que tem nas nossas vidas que logo eu, que sempre fui tão firme com minhas decisões, sempre volto atrás? Por que você complica tanto meu coração me fazendo tropeçar e deixar cair por terra todas as certezas de partir?
Eu me tornei uma pessoa carregada de interrogações e lamentos. Antes de você entrar — e bagunçar — minha vida, eu tinha certeza dos meus dias e as horas transcorriam sem muito drama. Mas aí veio você, com todas as complicações possíveis, deixando tudo tão bonito em minha volta, que jamais acreditaria que esse sentimento bonito desmoronaria, como um castelo de cartas. Nos deixamos levar e nos perdemos, ignorando conversas, fingindo que estava tudo bem. Mas não estava.
Eu não te reconheço. Sempre li teu olhar com facilidade, mas hoje eles são estranhos pra mim. Como que a gente deixou tudo se perder assim?
Cá estou eu arrumando um tempo, fechando um acordo junto aos contra tempos para comprar post it e escrever centenas de vezes que não tem nada mais triste do que dois olhares não se reconhecerem mais de repente.

*Texto escrito em parceria com o escritor Dani Boy

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

CATEGORIA

Mafê Probst

Tags