Ela arranca meu ar, tira minha paz, rasga meu peito, transcende minha alma e escorre pelos olhos. Ela me coloca contra a parede e exige de mim muitas vezes mais do que suporto. Porque ela não quer saber. Só quer existir. Resistir. Não adianta eu tentar correr, matar ou fingir que não existe. Ela permanece. Ela não larga o osso. Nasceu comigo e vai morrer comigo, faz questão de deixar isso claro. Sinto a mais. Muito a mais. Quem não me conhece de fato acha que é dessas prosas que se diz a beleza de ser intenso. Que nada, meu caro. Tem sua beleza e lado bom, sim. Não posso negar e vou falar dele. Mas eu quero dizer, também, que tem seu lado escuro, doído, dilacerante. Que ainda teimo em lutar contra ela e tentar sentir um pouco menos de tudo. E não confunda, ser intenso não é ser dramático. O intenso não finge, simplesmente é domado por todos os sentimentos e situações. Sente com cada pedacinho do corpo, alma e coração. Sente os poros se abrindo e a dor-e o amor- penetrando cada um deles. Ser intenso é parecer pegar um bocadinho de cada sentir alheio e trazer tudo dentro do peito. Mas, devo confessar…não seria tão eu se não fosse assim. A intensidade me destrói mas me reconstrói. E não sei o que seria a vida molhando apenas os pés. Não sei que graça teria não amar perdidamente. Não fechar os olhos e sentir o cheiro da pessoa que amo e o coração acelerando. Não sei qual sentido essa vida teria se eu sentisse pouco. Se me importasse pouco. Se me contentasse com o pouco. Quero muito. Ser muito. Demonstrar muito. Mandar textão, falar que amo, mostrar medo de perder, ser transparente e me virar ao avesso. Tudo bem se com isso os medos e dores também vêm na mesma dose. Mesmo que eu dê umas bambeadas, nasci pronta para ser intensa. Nasci pronta para essa parada de sentir muito e não querer ser desculpada.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

CATEGORIA

Ana Luiza Santana

Tags