Não sei porque ainda insistimos em algo que sabemos o fim. Porque nos iludimos na esperança de que vai ser diferente, sendo que não será.

Não foi da primeira, não foi diferente na segunda e não será na milésima chance.

Mas sabe quando o coração teima com o cérebro e nessa disputa sempre ganha a opção que machuca mais.

tudo que é racional em mim diz que é melhor fugir, que não adianta tentar, que nunca será.

Mas meu lado emocional já pulou de cabeça e com olhos e ouvidos tapados para não escutar mais ninguém além de si mesmo.

Eu tento sair, tento fugir, mas algo me faz ficar. Me faz acreditar, mesmo que tudo mostre que eu estou errada.

E logo que eu sempre fui de acreditar na minha intuição tô me deixando levar por um caminho escuro e desconhecido.

Eu tenho todos os motivos possíveis para partir sem arrependimentos, mas parece que meus pés estão colados com threebond e não consigo mais sair daqui.

E vou me agarrando a cada pequeno detalhe de uma possibilidade de dar certo, mesmo sabendo que não dará. Que minha eu no futuro me dirá em tom de reprovação “eu te avisei”, e então irá me consolar em seus braços e dizer que dá próxima eu aprendo, ou não.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

CATEGORIA

Uncategorized

Tags