Nos filmes e nos romances, reza a lenda que quando ela levanta o pé direito durante o beijo, significa que ela o encontrou. Significa que o coração acelerou, encontrou lugar e se encaixou. Mas veja bem, isso pode acontecer e diferente dos romances, nem sempre vai ser pra valer.

O papo hoje é reto e sem enrolação. Não seja o tipo de pessoa que vai deixar com que ela prepare um cantinho, se estiver só de passagem. Não seja o tipo de pessoa, que vai ama-la como se não houvesse amanhã e vai partir no dia seguinte. Porque sabe de uma coisa, apesar de ser pateticamente romântica e loucamente apaixonante, ela não é boba. Ela sabe que nem todo mundo está preparado para se estreitar em um caminho apertado e escolher ficar, tendo do outro lado um caminho largo para poder partir.

Ela sabe dos seus encantos e você também. Você sabe que as curvas dela, é o caminho por onde se perde, mas morre de medo de não encontrar o retorno e sempre para pela metade. Ela sabe, que no fundo o coração já fez uma escolha, mas a cabeça diz outra coisa. Você fica nesse chove e não molhe, e não percebe os detalhes, é incapaz de perceber que ela fala em sinais. Tá tão perdido, sem rumo, que nem consegue ler pelas entrelinhas.

Mas vamos falar sério amigo: o fato de ela te querer, não significa que precisa de você. Sim, não parece, mas é ela, pequena e aparentemente inofensiva, que rouba teu sono e perturba tua madrugada. Ela é aquele pedacinho do sonho que você morre de medo de perder. Aquele sonho, que as vezes você confunde com pesadelo. Aquela parte cara da tua história, que te custa tempo, dias e horas. Mas que dói e até aperta dentro do peito, a distância e a saudade.

Enfim, encurtando a conversa, a história que hoje você joga fora, é exatamente aquela que amanhã não vai te sair da memória. Não sei bem o que vai fazer, mas como diz aquele sertanejo, “na farmácia não vende remédio pra saudade”. Não seja o tipo de pessoa que trava uma história, com medo de seus remendos. Entre erros e acertos, é melhor uma história toda costurada, do que uma frustrada.

Não seja o tipo de pessoa, que vai assistir o amor passar. Não seja o cara que vai inventar mil desculpas e mentir como se ela não soubesse a verdade. Não seja ridículo ao ponto de tentar esconder o que sente, como se ela não pudesse perceber. Não invente desculpas para as mensagens vazias e as ligações mudas.  Vamos, não seja moleque, não seja babaca. Ela não precisa de alguém que diga o quanto ela está linda ou o quanto é importante, mas alguém que reconheça isso, além das palavras, em atitudes!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

CATEGORIA

Thamires Benetório

Tags