Eu queria e poderia ter ligado como de costume, só para saber se está tudo bem com você, ouvir sua voz ou para dizer que estarei aqui com você para quando precisa-se, porém eu não fiz, olhei para o celular e não realize a chamada, nem enviei a mensagem que digitei por alguns longos minutos.

Acredito que aquelas palavras não fariam tanto efeito quando eu acreditava, coisas que eu disse e parece que não fizeram efeito. O seu medo de arriscar, de caminhar ou de permitir que eu me aproximasse de você, fez com que eu me afastasse e não mais arriscasse

Sabe o que é, acredita em mim, eu poderia ter feito tanto por você, porém o seu medo, insegurança me fizeram ficar atrás, com medo de dar longos passos adiante, e você se esquivar. Não queria insistir para permanecer, então fiquei distante e parada no meu lugar.

Queria ter segurado sua mão e ter lhe dado uma direção, porém você não quis e eu também não insisti, não quis permanecer dando murro em ponta de faca, andando na corda bamba e esperando o seu sorriso.

Poderia ter sido a gente, porém não aconteceu, hoje eu baixei a guarda, dei passos atrás e guardei tudo aquilo que poderia ter sido, para outro momento. Quem sabe em algum momento a gente possa ser algo… por enquanto serei eu cuidando de você mesmo que distante.

Pedindo para que em dia você deixe ser essa incógnita e comece acreditar em você e seja certeza.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

CATEGORIA

Andressa Leal

Tags