Estava tudo tão triste e apagado que não havia mais graça em abrir os olhos pela manhã. O mundo parecia perdido e eu passava frio ao andar pelas ruas sem o teu calor para me proteger. A vida parecia triste, os cenários não faziam sentido na minha mente e o meu coração só fazia chamar teu nome e exigir que tu estivesses aqui, de onde nunca deverias ter saído.

Sem você era tudo meio igual, sabe? Nada de extraordinário acontecia e eu não queria ter que viver em um mundo sozinha. Meus amigos perguntavam o que estava acontecendo e eu abaixava o rosto ao dizer a velha e batida frase ‘’está tudo bem’’, mas na verdade eu estava era louca pra deitar no colo de alguém e chorar, chorar e falar da falta que tu me fazia. Queria só desabafar com alguém essa angústia que invadia o meu peito e não me deixava viver em paz. Mas ninguém entenderia, ninguém ouviria minhas lamúrias e cada pedido de socorro ia ficando preso dentro de mim, fazendo eu me afogar no meu próprio mar de sentimentos, até olhar nos teus olhos novamente e enxergar a minha última e única chance de ser feliz…

Pois quando aparecestes de novo em minha frente foi como ter achado o pote de ouro no fim do arco-íris, como ganhar na loteria depois de estar totalmente desacreditada. Te ver me trouxe luz, me trouxe vida e dessa vida tu me fizestes renascer.

De novo éramos eu e tu, tu e eu contra o mundo todo que gritou ódio por nós dois. Ali estávamos felizes igual nunca fomos antes, colocando em dia os beijos e os abraços e deixando de lado todo o resto, pois depois de saber como é ficar longe, estar perto agora faz o externo em volta da gente se tornar quase nada. Porque não queremos saber dos outros, queremos apenas viver um amor único e que preencha o nosso ser por completo, fazendo jus a nossa paixão e a minha maior fonte de inspiração.

Portanto, obrigada. Obrigada por ter me salvo do vazio, do mundo abstrato sem o contato quente da tua pele na minha. Obrigada por ter me proporcionado os momentos mais lindos, por matar o meu desejo e fazer ser meu maior medo, novamente não te ter.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

CATEGORIA

Nathaly Bonato

Tags