É que chega um momento em que a gente cansa. Cansa do desinteresse, da falta de vontade e do querer seletivo da outra pessoa. Ando querendo algo diferente de tudo que tem chegado nos últimos tempos. Cansei de tentar entrar no ritmo da falta de interesse e da superficialidade. Cansei de tentar domar o que sinto e colocar freio na entrega.  

Quero alguém que chegue com vontade. Que permaneça. Que faça a diferença. Que não esteja o tempo todo medindo suas atitudes, por medo de estar vulnerável. Aliás, preciso de alguém que não tenha medo de enfrentar o medo e se deixar levar pelo que sente.
Preciso de alguém que me queira dos pés à cabeça. Dos medos às coragens. Dos dias ensolarados aos chuvosos.  

Alguém que me pegue pela mão e me leve para a sua vida. E me deixe chegar. Entrar. Aprochegar. Porque não quero mais essa coisa de ir com calma, de deixar tudo na mão do tempo. Quero ação. Desejo. Vontade. Quero sentimento envolvido, sim.
Não perco mais meu tempo com quem não tem tempo para mim. Com quem brinca de esconde esconde.  

Com quem tem medo dos próprios sentimentos.
Se não for para chegar sendo diferente de tudo que já me cansei e sei de cor e salteado onde tudo vai parar, é melhor dar meia volta e nem chegar perto.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

CATEGORIA

Ana Luiza Santana