Essa geração de que tudo é mimi, de que não se pode questionar nada, que a gente acaba se acostumando com algumas coisas que não deveríamos, com o sentimento que ninguém demonstra, os olhares que ninguém mais dá por medo,  a gargalhada que é oculta por conta do pré julgamento e as pessoas que se doam pela metade.

E acabamos nos acostumando com o corre corre do dia, o tempo que ninguém doou, o abraço que não aconteceu, a famosa frase “Cheguei cansado e dormi, desculpa não ter ligado”.  A presença que não fez questão de dar, o abraço que foi negado e o beijo que foi calado.

E a gente se acostuma com a ligação que nunca chegou, o celular que não tocou e com aquela mensagem que parece que ninguém fez questão de responder. Acabamos nos acostumando com aquele relacionamento mais ou menos, aquele que só uma parte faz questão de estar junto, ceder, fazer realmente dar certo, e acaba que quando alguém nos dá suas “sobras”… de tempo, vontade, desejo, sonhos, acabamos aceitando, pois, o costume nos deixou assim.

Não deveríamos nos acostumar com essa falta tão nítida e escancarada, com a deixa para depois, o cansaço não me permitiu, o tempo foi curto, olhei o celular e não consegui responder, acabamos nos acostumando tanto com as benditas desculpas tradicionais que por mais que não deveríamos, a gente vive com elas.

Porém procure alguém que te transborde, que te tire do chão com frequência, que te transborde sonhos, vontade de fazer diferente. Alguém que te mande mensagem porque deu vontade e não porque “sobrou tempo”, esteja com alguém que te de a sensação de que o tempo está faltando por não estar dando tempo de fazer tudo aquilo que deseja junto.

Não se acostume com as desculpas, os talvez e o deixa para depois, não faça do costume uma rotina, saia da zona de conforto, responde à mensagem de bom dia, manda mensagem do nada, pode ter ligação só para saber se está tudo bem – não é clichê demonstrar sentimento e muito menos transbordar.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

CATEGORIA

Andressa Leal

Tags