Estou com aquele medo de você não me aceitar, bem assim, do jeito desastrada que sou. Sabe, eu não ando muito bem comigo mesma e toda esta insegurança vem me assustando bastante. Estou de novo com aquele medo de que você enjoe dos meus carinhos e dos meus beijos. Me assusta ver tanta beleza por cada esquina em que passo, e ao chegar em casa a última coisa que desejo é encarar o meu reflexo no espelho. Estou com medo das inseguranças que vou sentir ao teu lado, das incertezas de uns questionamentos e das indecisões de outros pensamentos. Estou tão assustada. 

Você nem chegou por aqui ainda, e eu sequer arrumei meu coração pra tua chegada. Entra quando for a tua hora, só não repara a bagunça. Mas por favor, só entra quando estiver certo de que vai chegar para ficar. Apenas venha quando houver uma urgência perfumada no teu peito. Pois eu estou com aquele medo sabe, já sentiu isso antes? Esse medo que te faz companhia sem ao menos ser convidado, e se instala no peito esquerdo da gente. 

Quando você vier, não me fale muito em eternidade, pois você pode acabar esquecendo de que o amor é cotidiano. Já machuquei tanto meu coração que tenho medo de não conseguir mais juntar os pedaços. Eu não quero mentir mais pra mim mesma, eu quero sentir aquilo que as pessoas sentem quando amam. As borboletas no estômago. O infinito fazendo morada nas minúcias da pele. A troca de olhares antes do encostar dos lábios. Eu não quero ter que sentir medo quando você chegar. Apenas quero a segurança dos teus braços me envolvendo e me mantendo longe das dores lá fora. Minha porta vai estar aberta e ver se não demora muito, pois eu ainda ando com aquele medo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

CATEGORIA

Pedro Ficarelli

Tags