Os teus olhos, eles me hipnotizam de uma forma cautelosa e drástica. Eles me fazem enxergar o céu além dos seus limites e me mostram que por traz do teu reflexo, existe um mundo inteiro esperando para ser descoberto. Eu te estudo, eu te aprecio, eu te observo. Tenho escrito no meu íntimo piadas particulares que algum dia possam te fazer sorrir. Tenho gravado na memória momentos que passamos juntos e que só poderão ser compartilhados entre tu e eu, entre nós dois, pois o mundo não sabe quem somos e nem merece ter tamanho sentimento assim.

Eu te tenho dentro de mim, em um espacinho lindo e delicado no fundo do meu coração. Faço preces e juras tentando entender o porquê de tu fugires do meu amor e a única coisa que consigo pensar é: eu preciso dele aqui!

De qualquer forma sabe, só preciso que tu estejas por perto para me proteger de tudo e de todos. Só preciso que o teu sorriso tropece no meu ao contar de uma piada engraçada e ao decorrer de uma leve discussão sem motivo. Eu preciso. Preciso do teu toque caminhando e descobrindo o meu corpo, da nossa onda de energia correndo cada milímetro de nós dois, isso, de nós, eu preciso de nós.

E é por precisar tanto assim, meu bem, que preciso ficar longe de ti. Pode ser contraditório e de fato é, mas não faz bem precisar tanto assim de alguém e sei que minha única saída é conseguir esquecer que algum dia quis te ver sorrir. E vai doer, está doendo ver uma postagem legal pela internet e não ter com quem conversar sobre. Está doendo saber que estou te deixando partir, que estou te vendo ir embora e simplesmente…  Não fazendo nada para mudar isso. Mas aqui não é o teu lugar, não é aqui que tu queres estar quando o dia amanhecer e seria egoísmo te fazer sofrer para me ver feliz, e eu não estaria feliz por te fazer sofrer. Seria um ciclo vicioso e de dores eternas que tornariam nossa convivência uma coisa maçante e não preciso disso

Então, se algum dia leres isso e se perguntares se deixei de te amar ou se já te esqueci… A resposta é não. Pode ser hoje ou daqui um milhão de anos, a resposta é a mesma e o sentimento também. Te esquecer não está nos meus planos, não te amar é inviável para mim. Só preciso aprender a viver me acostumando com o fato de não poder te ter aqui.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

CATEGORIA

Nathaly Bonato

Tags