Os olhos dele deixavam transparecer tudo que sua boca não o permitia dizer. Seus gestos eram calmos e tinham o poder de acelerar meu coração ao nível máximo de emoção. Seu cabelo era bagunçado e quase sempre por fazer, eu adoro mexer nele e deixa-lo todo arrepiado. Mas para lhes ser bem sincera, eu amo tudo que envolva aquele menino. Suas frases enroladas, seu jeito atrapalhado de se importar e principalmente a forma como eu fico bem perto do seu carinho. Não sei se estou apaixonada, talvez o ame mais do que consigo imaginar, mas também é provável que seja apenas mais uma paixão de verão. Posso querer passar a vida ao seu lado, mas também posso odiá-lo por ser tão bagunceiro, mas ai minha mania de limpeza vem à tona e já em pensamento me pego arrumando suas bagunças e cada vez o amando mais!

Não foi nem um pouco difícil reconhecer que estava envolvida. Apenas fui sentindo falta da sua presença e em momentos impróprios quando eu menos esperava já estava planejando os detalhes da nossa vida juntos. Sempre fui transparente em relação a isso e qualquer um que me olha percebe que meu coração está batendo mais forte, repara que meu sorriso ao falar dele é mais sincero e ao me verem olhando para um espaço vazio sabem que o cupido me acertou em cheio!

Mas ele, áh… Ele é um poço de dúvidas e incertezas. Consegue me encher de esperanças e logo após acabar com meu riso frouxo dizendo que não tem certeza do que sente, falando que me ama e quer me ver bem, mas o que preciso fazer para ele perceber que o meu bem estar é ao seu lado? Conversando, falando bobagens, rindo das fotos antigas e talvez até quando o assunto fica mais sério e começamos a falar de nós. Imagino que seja difícil entender o quão importante é para mim, mas mais impossível ainda é tentar resolver a equação matemática que se encontra na mais difícil fórmula dentro daquele coração.

No entanto não vou desistir. Não sou de exatas, mas por esse problema em pessoa sou capaz de graduar-me nas mais diversas áreas. Faço cursinho e começo a ler mãos se for preciso para conseguir achá-lo, pois tenho certeza de que se eu procurar bem conseguirei vê-lo no meio de alguma multidão por ai, e mesmo a quilômetros de distâncias verei seu olhar sobre mim e usarei todas as minhas táticas possíveis para decifrá-lo. Juntarei todos os pontinhos e construirei um mapa até seu coração.

Sempre gostei de desafios e aventuras que pediam todo o meu emprenho, logo, obrigada por me proporcionar o mais intenso amor e ao mesmo tempo a mais difícil missão: encontrar-te, cavar teus sentimentos até estares despido de todo esse medo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

CATEGORIA

Nathaly Bonato

Tags