Não era o que eu queria dizer. Menos ainda o que eu queria fazer, mas às vezes, a vida toma caminhos que a gente não entende na hora. Talvez agora eu esteja no meio de uma encruzilhada, sem saber por onde seguir, mas a única certeza é que vou por um caminho oposto ao seu. A parte ‘boa’ é que isso não é tão difícil, já que existem bons quilômetros entre nós, o que me ajuda bastante.
Não vou dizer que foi ruim, que você foi um erro ou qualquer outra coisa que te difame. Nossa história foi linda até onde durou. Isso mesmo, foi. Agora é a hora que, por bem ou por mal, temos que ter maturidade de aceitar o fim.
Eu ainda te amo e duvido que isso mude um dia. Mesmo depois que aparecer outra pessoa, outras histórias, outras vidas, você ainda vai ocupar um espacinho especial aqui no meu coração. Foi bonito. Foi intenso. É amor.
Mas só amor não enche a barriga. Então eu me despeço de você agora, afirmando que te amo, mas que preciso seguir, preciso me encontrar. Infelizmente, com você eu não estava conseguindo.
Você com esse seu jeito manso, sereno… Não entendeu que a minha urgência era de movimento, que eu queria mais do que um lugar pra pousar de vez em quando. Eu queria um ninho e construí-lo contigo. E por isso eu estou voando. Vou deixar o vento soprar em meu rosto, cortar minhas asas e ser feliz.
É sério, eu tô te esquecendo. Vai ser difícil agora no começo, mas acho que você deveria fazer o mesmo. Eu confesso que ainda sinto a sua falta e vez ou outra escorre uma lágrima teimosa, mas vai ser melhor assim. Já já tá tudo bem, pra mim e pra você também.
Eu queria mergulhar em você. Você se satisfez em ficar na margem, só molhando os pés. Desculpe, mas não estou afim de um amor raso. De raso, só o prato, por conta da bendita dieta.
A gente tentou, eu sei. Talvez em intensidades diferentes. Nem todo mundo tem o mesmo ritmo e nós somos prova disso. Eu remei praticamente só e fiquei dando voltas em torno do meu próprio eixo. Isso fodeu com a minha labirintite.
Eu vou ocupar a minha cabeça e decidi que vou voltar a me dedicar à música. Tô arranhando algumas notas e, se parecer que alguma música é pra você, talvez seja mesmo. Vai ser a forma de te eternizar em mim.
Agora se cuida. Tu segue daí que eu sigo daqui. Eu ainda te amo, mas decide seguir.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

CATEGORIA

Diego Henrique

Tags