Há vários tipos de amor, aqueles que chegam de mansinho e vão ficando até ganhar seu espaço, uns que nascem de uma amizade ou de uma implicância, daqueles amenos que fazem um bem danado e são constantes.

Mas tem aquele tipo de amor abrupto, dos que chegam sem avisar e tem dominam, tiram o chão e bagunçam tudo. Só de saber que ele existe você vê tudo de uma forma diferente, passa a enxergar milhões de novas cores.

Apesar de te tirar o sossego, esse amor é norte, tem o gosto de uma música bonita, e cheiro de flor que se abre no primeiro raio sol da manhã. Você fica maravilhada tentando explicar essa confusão tão intensa quanto bonita e, pensando em mil maneiras de deixar tudo ao redor mais enfeitado só para merecer abrigar esse amor.

Você não escolhe amar dessa maneira, é meio que uma sina boa, um presente surpresa. De certeza só tenho que algumas vidas não dão conta de caber esse amor. Se é destino, sorte, acaso ou Deus, não importa. Só abracei a chance de ser feliz que a vida me deu.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

CATEGORIA

Victor Érik

Tags

, ,