Amor abusivo

Vários meses se passaram desde o último abraço, mas no coração dela o tempo nunca foi o suficiente para fazer esquecer.

Ela lembra com carinho das noites quentes que com ele passava. Os dois, o violão e aquela maldita música que ele dizia que tocava só para ela.
Menina iludida, tão ingênua, mal sabia ela que isso, na verdade, era o que para todas ele falava.

Depois que conseguia o que queria, sem mais nem menos ele ia embora. Nem se quer ligava no outro dia, não a procurava por semanas. E calada mais uma vez, por ele esperava.
Ali sem entender bem o que aconteceu, olhando no calendário de mesa… Os dias passavam.
As estações mudaram e ele simplesmente não apareceu.
Foi embora como quem nunca realmente se importou em ficar.

E quando finalmente ela decidiu mudar seu foco, criar um novo caminho e o seu brilho renovar, ele vem com aquele sorriso torto, com cara de bobo. Mais uma vez se desculpa por ter sumido e diz que com ela quer ficar.

Ela então mais uma vez nele “acreditou”. Passou por cima das suas muralhas, e mais uma vez sorrindo, ela o aceitou. Caiu nos carinhos manipulados de quem diz por ela ter amor. Mas na primeira oportunidade, ele novamente some sem nem olhar a tremenda bagunça que ali deixou.

Pobre menina, mais uma vez chora desconsolada e sem saber o que fazer. Junta todos os pedacinhos do coração partido e cuidadosamente o reconstrói com a certeza de quem já previa o que iria acontecer. Ela se reergue, levanta a cabeça e volta a seguir em frente. O caminho é longo mas ela sempre soube ser resiliente.

Secou as lágrimas, limpou o rímel borrado e decidiu se retirar. Resolveu deixar de vez essa esperança boba de que ele ainda poderia mudar.
Afinal como alguém que nem conhece a si mesmo, seria capaz de receber o amor que ela teve a oferecer? Coitado dele que se achava agradável, insubstituível e o melhor que na vida dela poderia acontecer. Mal sabia que ela é que era o seu presente e ele tão cegamente não soube reconhecer. Perdeu por ter orgulho, ser imaturo e tê-la deixado antes mesmo do dia amanhecer.

Para ela que tem coração puro, amor próprio e muita coragem, agora vai levar a vida como tinha que ter feito desde a primeira vez. Apagar do celular todas as fotos, audios e aquela última mensagem.

Mas ela ainda vê nisso tudo um lindo aprendizado sobre o que merece ter. Ela mudou e agora não quer mais esse amor abusivo que usa e vai embora. Aproveita que fostes, leva contigo todas as lembranças que no bolso ela guardou. E quando olhares para o céu e ver a imagem dela na tua cabeça, lembra que um dia ela te amou mesmo que tu nem sequer mereça.

Anúncios

Um comentário em “Amor abusivo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s