Incrível eu ter deixado você escapar. Sério: onde eu estava com a cabeça? Fiquei tanto nessa ânsia de sair e transar com todo mundo, que nem percebi a pessoa incrível que eu estava esnobando.

Parece que foi ontem, mas não foi: lá se vão dois anos quando eu comecei a te ignorar. Você vinha falar comigo e eu não respondia. Pensava: “nossa, que menina chata e insistente”, sendo que você não estava fazendo nada demais, apenas me chamando para sair. Tinha real interesse em saber como eu estava, a respeito do meu dia, da minha cabeça e do meu coração.

Num desses desencontros forçados por mim, você desistiu. Não falou mais comigo e eu, na hora, nem reparei. Até tentei puxar alguns assuntos em dias que me sentia sozinho, mas você já me tratava com desdém. E o pior é que eu nem ligava, porque, logo na sequência, já ia implorar sexo para outras.

Ah menina, que ódio de mim. Até hoje sinto tanto sua falta. Quando ficamos pela última vez, vi que você estava magoada e reparei que era por minha causa. Pedi desculpas esfarrapadas, te dei um beijo e meti o pé, com uma falsa sensação de dever cumprido.

Depois disso, e de muitas outras, acabei sofrendo duras quedas no abismo do amor. Tomei tanta porrada (e sigo tomando) que senti falta do seu carinho, da sua forma de me olhar com admiração e da sua vontade de me encontrar. Quando pensei que seria só te ligar e recuperar o tempo perdido, já era tarde demais. Você não só já estava namorando com outro, como o danado tinha o mesmo nome que eu. Que ironia.

Hoje, passei por mais alguns momentos profundos de tristeza, sendo colocado em segundo plano pela pessoa que amo. E lembrei de você, lembrei de mim, lembrei da gente, lembrei de tudo aquilo que eu joguei fora por acreditar que uma paixão arrebatadora tem que me fazer mal, e nunca bem. Eu sou um especialista em desperdiçar oportunidades de ser feliz. Espero que dê tempo para adquirir a minha estabilidade emocional e encontrar alguém como você na minha vida.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

CATEGORIA

Gabriel Cassar

Tags