Mas como eu fui me apaixonar por ela assim? Ela tem aqueles olhos pidões de quem consegue o que quiser, e nem precisa pedir. Eu daria tudo o que pudesse para ela. Levaria em todos os lugares do mundo que ela desejasse visitar. Beijaria teus lábios por todas as horas em que estivesse ao meu lado. Viajaria sobre as estrelas num tapete mágico, e nem me importaria onde nossa viagem iria nos levar. Se ela estivesse comigo, tudo estaria perfeitamente bem.

Quisera eu poder descrevê-la com palavras bonitas e sofisticadas, mas tudo que lhe escrevo são apenas rabiscos que qualquer rapaz apaixonado escreveria para alguma moça bonita. Ela é perfeita demais para ser contemplada com meu português errado – disso minha editora tem plena certeza. Você precisaria vê-la de perto, entende? Só assim entenderia o caos que meu coração se torna toda vez que ela toca minha perna direita com aqueles dedos simétricos e suaves.

Ela não se contenta com o meu eu-te-amo dito por minha boca pedinte dos seus beijos. Ela vai querer atitudes, e mesmo que tais sejam bobas ou simples, ela vai perceber o quanto eu a amo por estes medos gestos. Quisera eu saber de tudo o que se passa dentro da cabeça daquela pequena. Quisera eu saber dos teus sonhos e teus desejos mais profundos. Quisera eu curar todas essas horas afastadas de ti fazendo morada em teu peito 24 horas por dia.

Deixa eu bagunçar você por uns instantes e vadiar teu coração a vida inteira. Deixa eu te levar pra conhecer o mundo afora e lhe mostrar o tom de tangerina que o céu possui em dias como este.

Mas como eu fui me apaixonar por tu assim, tão repentinamente?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

CATEGORIA

Pedro Ficarelli

Tags

,