Precisamos sentar e observar mais, olhar ao redor e ver quem é cara e coroa. Precisamos ver para quem vivemos e repensar nossas intuições sobre o que é amar de verdade. Antes de tudo ou, pelo menos, antes que o “tarde demais” chegue necessitamos aprender sobre a bondade que se doa e não se troca, sobre QUEM FICA e COMO FICA.
No decorrer dos “amanhãs” precisamos ter cautela sobre o que nos impede de seguir nosso próprio caminho e o que nos prende dentro de nós mesmos.
O que houve com o NOSSO tempo? O que fizemos para estarmos onde estamos hoje? O que nos proíbe de sermos por fora a essência que nos grita por dentro?
Existem diversas formas de sermos justos. E os somos erroneamente tantas e tantas vezes que só percebemos quando estamos finalmente sozinhos. Sozinhos porque nos abandonamos, porque deixamos que levem nossas espiritualidades e moldem-nos como um vaso qualquer que será exposto e negociado depois.
Quantas vezes olhamos para o lado é só nos restam nossos medos mais duros, os incompreensíveis e “inaceitáveis” medos? Quantas vezes desabafamos ao mundo e ouvimos que existem dores maiores que as nossas e estas sim fazem sentido, fazendo das nossas, meras “frescuras” de quem não foi feito para suportar essa vida? Quantas vezes nos calamos, dialogando com um coração que já não põe suas expectativas nele mesmo?
Podemos começar de novo não sendo uma consequência das avaliações alheias, não robotizando nossos sentimentos em trocas de favores e “amores”. É possível jogar fora um livro que não foi bem lido e escrever um outro. Deixar para lá o “recomeçar” e “COMEÇAR” fazendo de todo passado uma trama que já teve final seja ele qual for. Quem tem de ficar, simplesmente fica.
E comecemos bem, fazendo, todos os dias, algo que tínhamos medo e nos impedia de dar um próximo passo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

CATEGORIA

Das Dores Monteiro

Tags