Provavelmente você achou o título deste texto meio esquisito, não é mesmo? Mas calma que irei explicar. Que 1° de abril é dia da mentira já sabemos, o que pra mim nada mais é do que uma desculpa para mentir sem culpa, já que convivemos com ela durante todo o ano.

E hoje eu vi nas redes sociais a seguinte “dica”: Aproveite que é primeiro de abril, para se declarar para o seu crush. Se ele(a) não gostar do que disse ou se assustar, diga que é mentira – “pegadinha do malandro”.

Sério isso? Demonstrar o sentimento agora, só se ele for aceito?

Porque ainda temos esse medo de declarar o que sentimos? Eu me pergunto. Eu também sou assim, não pense você que neste barco furado aí não tem marujos a bordo. É claro que têm. E a única resposta que eu consigo pensar, plausível, para responder o por que de não nos declaramos é: medo. Sim, o medo de sermos rejeitado, o medo do sentimento não ser recíproco e o medo de ganhar mais um não pra coleção. E tem mais, se a pessoa que gostamos for do nosso círculo de amizade, tem o medo de perder um amigo(a). É como se criássemos uma prisão para tudo aquilo o que sentimos, o que é bem ruim.

Aí você fica naquela neurose toda. Não sabe se declara, ou se fica quieto. E se eu falar e ele(a) não gostar? E se eu falar e for rejeitado (a)? E se eu falar e perder a amizade? E se… Aí você fica lá, no cantinho da sua cela, remoendo tudo isso, sem saber como agir.

Daí eu lhe pergunto, vale mesmo sofrer tanto por medo de dizer algumas palavras? Ou pior sofrer por não dizer o que sente? Apesar de eu também ser assim, e pretendo melhorar isso, acho que não. Palavras não arrancam pedaço. E o melhor é falar mesmo logo de uma vez o que sente, soltar a bomba. Se der certo, fico feliz. Se não der certo, experiência. Parte pra outra(o), ou não, fica na sua. O que não pode é ficar esse sentimento aí, que é bonito, preso na garganta e no coração.

O melhor a se fazer é mostrar ao medo que, quem tem o controle é você. E você tem o direito de expressar os seus sentimentos, sem julgamentos. Tenho certeza de que se a pessoa for um amigo mesmo, você não perderá a amizade, aliás, acho que ela pode evoluir, demonstrará que você não tem medo de se expressar. E se for rejeitado, o que é ruim, uma hora passa, eu sei que passa. E o fora que levou, livre – se dele e vá em busca de um sim. Afinal, o não você já tinha, você só estava tentando um sim.

Declare – se. Porque não há pior prisão do que a que criamos para os nossos sentimentos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

CATEGORIA

Josias Gonçalves

Tags

, , , , , ,