Estavam se encarando a festa inteira. No canto direto, do segundo corredor, o espaço era pequeno e não teve jeito, se esbarraram.

-Opa.

-Oi

-Oi

-Sabe que teu sorriso lindo?

-Obrigada, eu sei sim.

-Ah sabe?

-Sim, eu tenho espelho em casa.

-Teu espelho então já deve ter te mostrado que é linda também.

-Sim, mostrou sim.

-Legal, mas e ai, na minha casa ou na sua?

-Ali na frente!

-Na rua?

-Logo ali…

Ela falou, sorriu e saiu andando. Ele ficou parado, perplexo se perguntava:-De onde saiu essa mulher meu Deus!

Seguindo pelo corredor estreito, a luz da noite começou a refletir sobre seu vestido preto com renda nas costas. O seu corpo esguio, em sintonia com o quadril mediano, fazia com que ela chamasse atenção. Foi passando lentamente pelos corredores e vez ou outra, olhava para trás, queria a certeza de que estava sendo seguida. Sim, naquela noite ela queria ser seguida. Mas era uma perseguição diferente, daquelas que ela não queria se livrar. O coração era covarde, mas o corpo não. Ao final do corredor da esquerda, entrou pela direita. Ela foi tão rápida, que ele apertou os passos, mas quando chegou no final, só encontrou sua echarpe vermelha no chão. Tinha seu perfume e um bilhetinho pequeno com o número dos eu celular e uma frase que dizia assim: -Logo ali, vem ser minha prioridade.

Ele leu, sorriu e da festa partiu. Os amigos perguntaram:

-Já vai?
-Sim, hoje eu tenho outra prioridade…

thamires-benetorio

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

CATEGORIA

Thamires Benetório