Vivemos abarrotados de sentimentos, seja de nostalgia, da sensação do último pôr do sol daquela segunda-feira de verão, ou até mesmo do cheiro da pele de alguém. Hoje o meu passado bateu fortemente em minha porta, uma enxurrada de lembranças, um misto de ódio, alegria, saudades e paz.

A tempos não recebia nada seu, então de repente um simples olá fez tudo em mim um verdadeiro caos, igual dominó, cai uma peça e automaticamente todas a seguem. Você diz que sentiu minha falta, porém algo em mim grita para que eu feche a porta e lhe mande para outra freguesia.

Quem você acha que é para voltar aqui depois do nosso final? Eu segui em frente, eu busquei novos caminhos, reconstruí minha vida tijolo por tijolo depois dos destroços que deixastes em mim. Você fez sua escolha não fez? Estava feliz com sua nova rotina, então porquê de repente isso não lhe satisfaz mais e deseja vir bagunçar a minha?

Lhe faço perguntas e tu me responde apenas com: “Mas eu fiz escolhas erradas, agora eu sei o que realmente quero. ”

Será que sabe mesmo? Da última vez foi exatamente igual, eu era o amor da sua vida e de repente o nosso mundo lhe causava repulsa e era melhor cada um seguir o seu caminho. Você continua o mesmo egoísta de sempre, prioriza as suas necessidades sem se quer se importar quais são as minhas.

Pois bem, já que essa conversa se iniciou mesmo contra a minha vontade, não vou ficar aqui tacando em cima de você o peso das decisões passadas, você errava ao sair, e eu errava ao sempre lhe aceitar de volta. Porém que os erros fiquem no passado, eu gostaria de lhe perguntar como seria se os papeis se invertessem?

captura-de-tela-2016-03-18-acc80s-23-14-38

O que aconteceria se eu saísse para comprar pão e na fila encontrasse alguém que tivesse o brilho mais intenso do que seus olhos tinham a me olhar?

O que aconteceria se eu fosse ao cinema e ao meu lado sentasse o estranho que possui a risada mais escandalosa, porém que me faz rir também, assim como a sua um dia já me fez?

O que aconteceria se eu decidisse ir aquela festa e um garoto do sorriso encantador me tirasse para dançar e eu me encantasse pela intensidade de velo sorrir?

O que aconteceria se na loucura da rotina eu esbarrasse no metrô em uma pessoa completamente louca pelas mesmas coisas que eu, e descobrisse isso logo após aceitar o seu convite para um simples café.

O que aconteceria se eu acordasse hoje e ao invés de sentir ainda a sua falta eu nem se quer me lembrasse de quem realmente é esse número que infinitas vezes eu já apaguei.

Pois bem, essa são algumas das possibilidades do que realmente pode acontecer, eu ainda gosto de você, mas não estou mais disposta a voltar para uma história onde eu já conheço o final. Se você ainda realmente acredita um pouco que for em nós, lute por isso, e me convença que realmente estar ao seu lado poderia ser minha melhor opção.

Mas saiba que desde agora não estou mais presa nas lembranças de nós dois, não sei se será por um olhar, uma risada ou um sorriso que virei a quebrar o sentimento que sempre foi seu, a única coisa que sei é que cansei de esperar você decidir o que quer para sua vida, a partir de hoje eu estou vivendo a minha, e se no meio do caminho eu encontrar com esse alguém que também está a me procurar, fique sabendo que foi você quem me deu os motivos certos para partir.

re

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

CATEGORIA

Re Vieira