06/12/2016

Viva a vida

A vida é uma coisa complexa de se viver e de escrever. Porém, gosto de descrever a vida como uma montanha russa. Onde existem os altos e baixos. Onde sentimos frio na barriga. Onde sentimos medos. Onde sentimos  felicidade quando estamos estáveis. Temos sensações indescritíveis. Vivemos os momentos intensamente, ou não. E que podemos morrer… de uma hora para outra…

Tenho plena convicção de não ter medo da morte. Não, nenhum pouquinho. Mas o que me faz pensar é: por que vivemos para morrer?

Disso sim eu tenho medo. Medo de não viver e apenas sobreviver. Sobreviver para trabalhar e pagar contas. Sobreviver somente para conquistar bens materiais. Sobreviver somente porque nascemos.

Sim, sinto uma intensa tristeza por perdas para a morte. Mas o que me deixa mais triste ainda é a morte enquanto estamos vivos.

Quando algum ente querido morre, ou alguma tragédia acontece, não sou fã de lamentar a morte, mas sim de rever todos os momentos bons que a pessoa passou e celebrar a vida boa que ela teve. Pensar no quanto a pessoa viveu e o que ela nos proporcionou.

Diante disso, o que mais desejo para vocês, leitores, e para todas as pessoas desse mundo, é: viva intensamente. Ria, dance, chore, beba, coma, leia, viaje, pule. Não reprima nenhum sentimento. Não reprima nenhuma vontade, nenhum desejo, nenhuma ação. Seja você mesmo sempre. Porque a vida é uma peça de teatro, onde as cortinas podem se fechar repentinamente.

gabi

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

CATEGORIA

Gabi Mayara