Eu sou do mundo, meu bem. E de nada adianta me pedir para ficar presa em suas correntes ao chão. Eu gosto de voar, em todo sentido literal da palavra. Pois, essa sensação de usar minhas asas é melhor do que você possa imaginar.

Quando eu afirmo que sou do mundo, saiba que também tenho minhas regras e meus compromissos. Claro que os tenho! Nossas propostas de vidas não são iguais. Vemos a vida de forma tão diferente que tenho quase certeza que nossas diferenças não nos completam. É que meu quebra-cabeça desta vida pede peças que se encaixam com o que vejo pelo mundo afora.

O mundo é maior do que você imagina. Eu nem conheci metade do que pretendo. Sou fascinada por paisagens e pessoas. Histórias que eu quero contar para as próximas gerações. E, para isso, a janela daqui de casa é pequena para o livro que pretendo escrever.

Se tenho medo? Claro que sim. O medo sempre me encontra, mas eu não deixo que ele seja maior que meus desejos. Eu ando de mãos dadas com o medo, mas sei que o sorriso sempre me encontra no fim de cada desafio cumprido.

captura-de-tela-2016-03-18-acc80s-23-14-38

É claro que há compromisso da minha parte, mesmo que eu esteja em tantos voos. Mas, é preciso compreensão de ambas partes. Por isso, essa sua proposta de ficar preso em uma parte tão pequena não me convém. Ter uma vida simples, quieta e previsível em nada me agrada. Desculpe por essas palavras, mas compromisso está longe com a falta de liberdade do outro.

Você poderia me convidar para te alcançar em seus voos, mas acho que nunca ousou algo grande demais. Uma pena. A vida é tão bela e fugaz, que não permite que percamos muito tempo pensando. Mas, saiba que não te julgo nem acho que esteja errado. Só que não podemos continuar nossa jornada juntos, pois meus pés não permanecem por muito tempo no chão e suas asas ainda nem foram descobertas.

Eu poderia te ensinar a voar e você me ensinar a pousar um pouco mais. No entanto, não vejo essa disposição para querer sair da sua zona de conforto. Eu arrisco quando percebo que posso me encaixar, que tem reciprocidade, que o amor pode superar qualquer obstáculo. Mas, de nada adianta o esforço vim somente da minha parte.

Vamos seguir separados. Fique com o seu jeito de viver que continuarei com meu voo. Eu respeito seus pés presos a tantas coisas, mas não queira cortar minhas asas. Em cada voo que eu descubro a delícia e a dor de ser quem eu sou.

mika

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

CATEGORIA

Mikaele Tavares