É preciso e urgente mudar o jeito de fazer política no Brasil. A situação do país clama por uma política justa e de qualidade. Mas como podemos mudar as regras desse jogo de interesses que se tornou a política nacional?

É tão simples e ao mesmo tão difícil. Porque crescemos acreditando que “não devemos nos envolver com isso”, ou que “a política está mesmo podre e não há nada a se fazer para mudar…”. A gente cresceu acreditando que político bonzinho é o que “rouba, mas faz”. Porque somos chocados todos os dias, com inúmeros casos de corrupção e desvios explícitos de dinheiro público, que compensa mais, aceitar aquele político que está há anos e anos roubando os cofres públicos, porque afinal, ele fez isso discretamente e construiu umas obraszinhas que justificam qualquer ato ilícito que ele tenha cometido.

Acontece que não dá mais pra continuar assim. E em cada período eleitoral que se aproxima, nós vivenciamos o sentimento de querer um país mais justo, mais humano e principalmente, com igualdade e honestidade.

Ainda tem muita gente que critica e reivindica em nome da moral e da ética no espaço político, tirando aqueles que conhecem o problema, mas de alguma forma estão envolvidos nessa máfia que se tornou a política brasileira e infelizmente estão presos, seja por posição ou pela necessidade de se manter num cargo ou algo assim. Se suprime a culpa? Até onde você vive sem se envolver ou se posicionar para se manter num cargo? Você tem medo de ser justo?

Nós temos por necessidade, o dever de lutar por políticas públicas claras e acessíveis.  Temos o dever e as ferramentas necessárias para investigar muitos dos serviços que são especificamente, destinados a toda a população, e merecemos esclarecimento de TUDO o que é feito com o dinheiro que é nosso. Depende de nós o direito e dever na participação das reformas urgentes das quais o país precisa pra crescer. A mudança acontece aqui embaixo, nas eleições municipais, que determinam o futuro da nossa cidade e desencadeiam nas obras sociais e morais que poderão crescer pelo Brasil a fora. Criticar é importante, mas agir também é. Ligar as opiniões e ideias e torna-las práticas é o que se espera para que seja cumprido tudo aquilo que aprendemos sobre cidadania .

Estamos com a ferramenta nas mãos e essa é a hora de acreditar.  Acreditar que tem muita gente boa por aí, tem muita gente limpa e honesta, íntegra e capaz, cheia de vontade de construir um Brasil melhor. Tem tanta gente boa por aí… Melhor, tem MUITA gente boa em todo lugar querendo fazer muitas coisas boas pra todo mundo!!!!!! E agora é hora de nos apegarmos nessas pessoas boas, nessas em que a gente olha as referências e já sabe que é de bem. A gente tem que acreditar nelas e fazer com que as pessoas que nos acompanham, acreditem também. Tem muitos candidatos nessas eleições que estão dispostos a se doarem por uma política de qualidade e nós precisamos mais do que nunca, conhecer a história deles e a vontade deles de construir uma cidade melhor pra gente.

Nem todo político é desumano. Nem todo político é corrupto. E se duvidarmos dessas afirmações, basta que pesquisemos um pouco sobre a vida daqueles em quem estamos pensando em depositar a confiança do voto. A internet é um meio, um grande meio de tirar as dúvidas e é esse um passso para que possamos mudar as regras desse jogo.

Falamos tanto em reforma política, mas continuamos elegendo as mesmas caras que estão há anos se beneficiando das regalias que os cargos públicos podem dar. Discutimos tanto e nos posicionamos sempre, mas acabamos caindo no conto do vigário, da cesta básica ou do dinheiro fácil em troca de voto, “porque isso nem é compra ilegal, foi só uma a j u d i n h a”.

No fundo a gente sabe onde podemos chegar, a gente sempre sabe as decisões certas que devem ser tomadas, e aceitar receber um dinheiro que vem fácil é assumir a culpa quando este mesmo dinheiro faltar na saúde, na educação, na cultura e no acesso a informação de qualidade.

Mudar as regras do jogo é possibilitar a reforma política. É exercer a prática do voto com respeito ao país e com a certeza de que estamos participando desta construção de forma digna e honesta. Porque se começa errado, sujo e ilegal, não termina bem. Mas se o processo se inicia de forma digna, podemos esperar muitas coisas boas como fruto da integridade e justiça. Pequenas ações mudam o mundo. E melhor: O seu voto, pode mudar o mundo!

Vamos juntos mudar as regras do jogo?

Vote limpo, vote consciente!

Camila

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

CATEGORIA

Camila Oliveira