Superar as feridas que os outros causam ao nosso coração é ter a plena certeza que está tudo ferrado, quebrado e dolorido, mas também é saber que o mundo não acabou e que sobreviveremos ao que hoje consideramos ser o inferno, e, algum dia haverá de serão só lembranças ruins, uma repulsa ou até mesmo nada mais. E daí que eu estive apaixonada por você todo esse tempo? Tentei fazer você me enxergar, tentei fazer com que me achasse engraçada, tentei te fazer brigadeiro nos dias frios e sempre deixava você ganhar de mim no vídeo game, tentei ser mais por você, só que você nunca me viu com o olhar que eu sempre imaginei que um cara poderia me olhar algum dia, até o momento em que eu soube que eu era mais do que você merecia e passei a notar que você nunca riu das minhas piadas, o tempo que passávamos juntos era contado no relógio porque você sempre tinha pressa, vivia a reclamar do meu apego e falava constantemente o quanto eu era intensa. – Sua intensidade torna tudo tão pesado Carolina. De descasos em descasos você cada vez mais me empurrava para uma direção oposta do que eu já havia desejado para nós dois, na sua opinião eu sempre estava igual, e de tanta mesmice eu cansei, e vi aos poucos ir embora o amor que era só seu. Hoje você arrumou tempo? Desculpa, mas sobre o que você quer conversar mesmo? Faz assim, deixa recado na secretária eletrônica e se der eu te respondo, sei lá, tipo no próximo verão… Agora estou vivendo algo real e que você já não faz mais parte, e confesso que já não nos vejo em mais de 5 minutos de conversa chegando a algum papo em comum, afinal, sempre fui eu quem fiz o esforço para te alcançar não é mesmo? É uma pena que você nunca se importou. Você me deixou livre, e hoje és tu que não consegue me acompanhar e só para te avisar, nem tentando muito você seria capaz, Raul Seixas dizia: “Nada mais coerente que se virar de trás para frente, tanto fez como tanto faz.” Como é sábio esse Raulzito, eu me vi ao seu lado e não encontrei razão para continuarmos, tive que me olhar ao avesso, me perder, me reencontrar para saber então para que destino seguir, obrigado por não ter me amado o suficiente para que eu desejasse ficar, hoje eu sou o amor da minha vida e jamais aceitarei viver algo que não seja real e me faça sentir as mais inimagináveis emoções, quero alguém que bagunce meu cabelo, me morda, me arranque a roupa, que faça eu querer prová-lo dia sim e outro também, que me de fome, loucura e emoção, mas que não venha cagar com a minha vida falando que é amor e ser apenas ilusão. Não me venha mais com esse papo que agora vai ser diferente, a única diferença visível é a qual eu não te quero mais, desculpa não corresponder a expectativa do seu pedido de perdão, mas eu não acredito em segundas chances então que tivesse valorizado a primeira, eu te avisei do meu temperamento forte, e do tamanho do meu amor próprio, te dei todas as escolhas para ficar, mas você quis ir, segui em frente, e sobre o que ficou para trás? O próprio nome já diz: “Está lá atrás”. Não posso desfazer nossas brigas, e tampouco curar as feridas que ainda estão abertas, o que eu posso é apenas pegar novas folhas e escrever uma nova história, e nessas? Sinto lhe informar que você não fará mais parte dos meus personagens, e das faltas que pretendo escrever, saiba que de muitas coisas eu sinto, mas nenhum pouco é de você.

re

Anúncios

Participe da conversa! 4 comentários

  1. Simplesmente Real

    Curtido por 1 pessoa

    Responder
  2. Cada texto é melhor eu o outro e, depois de cada um sempre quero que o próximo chegue logo! Obrigada!!!!

    Enviado do meu Samsung Mobile da Claro

    Curtir

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

CATEGORIA

Re Vieira