A meta não era ter você aqui, meus planos divididos e meus objetivos apoiados. Eu queria que as coisas fossem mais difíceis, mais suadas, mais batalhadas, mais loucas e mais determinadas. A meta não era ter você aqui, me desejando boa noite ao pé do ouvido, ressuscitando cada sonho que parecia ter morrido. Era pra ser só aquela noite, depois de algumas doses baratas de um energético ruim com uma vodka que eu nem lembro o nome. Mas não, você foi chegando devagar e eu fui me doando, me envolvendo no seu balanço, entrando no seu jogo e, mesmo que a sua meta também não fosse me ter por aí, eu decidi atracar o meu navio em seu porto. Sabe, a gente tem medo de ficar sozinho e, quando as coisas nos pegam de surpresa, assim, como um tiro de 38. A gente se entrega, joga o corpo para trás e se doa aos braços que mostraram que vão ser capazes de nos cuidar. Mais do que o medo de ficar sozinho. A ambição nos faz querer cuidar daquilo que não está no nosso alcance, que não é nosso e, quando alguém tão dedicado assim atravessa o nosso caminho, a gente não quer largar. Quer cuidar, amar, devolver a dedicação e entregar o coração. A gente fica mordido, não fica?

Mordido, dessas mordidas de amor. No pescoço, na nossa fatia de pizza, no nosso pedaço de bolo, na lembrança da mão na cintura e da firmeza das mãos dadas ao caminhar sem rumo por aí. A gente fica sem ter pra onde fugir porque sente que o nosso norte já é aqui, que o nosso caminho acaba de ganhar um parceiro e que as coisas não vão se parecer tanto com aquilo que os outros, espalhados pelas lanchonetes e bares por aí, dizem se chamar solidão.

A gente fica cheio de tanta coisa na cabeça, que não consegue explicar.

É como algo que explodiu ou um monumento que estourou.

– Deixa eu bagunçar você?

Tarde demais, já bagunçou!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

CATEGORIA

Bryan Gabriel