E de repente as ligações foram caindo direto na caixa postal.
– Me desculpe, estava no banho, não deu para lhe atender.
E os cafés de final de tarde naquela nossa lanchonete preferida foram reduzidos apenas para números ímpares.
-Hoje sou apenas eu Britney, me vê um expresso com chantili por favor.
E o ponto crucial foi quando se acabaram também as conversas, viramos um monólogo. Eu insisto em lhe fazer a pergunta, porém me contenho, pois, e mim mesmo encontro a resposta. E cada vez mais o que era conhecido se tornou estranho, no início era saudades, agora é um peso mórbido carregado no peito e que me prende o ar, e me dá a fria sensação de em uma insegurança constante eu sempre estar.
Tenho alguns projetos novos, e não tenho mais a suas críticas que sempre vinham para me ajudar a melhorar. Sinto falta dos risos infinitos que juntos soltávamos sempre depois de mil planos mirabolantes, uma viagem para um lugar exótico, um porre de não lembrarmos o nome, os shows que iriamos marcar presença, a bagunça na hora de tomar banho, e o carinho que vinha depois do sexo.
E de repente você se torna apenas um dos meus seguidores do Instagram e mais um contato em meu Facebook, horas de conversas reduzidas a pó no filtro da lembrança, vontade de dividir um abraço, uma ideia, poxa até mesmo a vida, nunca fomos parecidos e era exatamente isso que nos fazia tão perfeitos. Você de jazz, blue e muita opera, eu de rock and rol e um coração que já não acreditava em muita coisa, mas com todas as forças acreditava em você.
Tantas notícias compartilhadas e momentos que juntos construímos, hoje és apenas um desconhecido, já não frequentamos os mesmos ambientes, parece que sem você por ali, cada esquina foi de fato criando suas verdadeiras formas, e outros cenários roubaram a minha atenção. A vida está realmente entrando nos eixos, e me encontro com meia taça de vinho, um cabeça dividida entre a razão e a emoção que insiste para eu lhe escrever:
– Estou com saudades do seu cheiro, desejo do seu beijo e com vontade de te ver, fico pronta as 20:00h pode ser? Mas então repenso nas palavras e decido deletar, não, definitivamente não, essa mensagem não irei lhe enviar, por aqui tudo complicado está, mas se complicado você quer deixar, então que fiquemos nessa complicação como você prefere ficar. Dou uma última olhada em sua foto, está com a camiseta que te dei e o sorriso que mais adoro, lhe desejo um boa noite mentalmente e abaixo a tela do computador. Enquanto as circunstâncias insistem em nos juntar, o nosso orgulho separados nos permite ficar.

re

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

CATEGORIA

Re Vieira