Perdoa meu exagero?

Perdoa meu exagero, perdoa meu excesso. Perdoa minha sinceridade, perdoa minha coragem. Perdoa minha loucura, perdoa minha euforia. Você quer calma, eu só quero te ter em meus braços.

Eu sei, eu exagero. Falo coisas que sinto sem pensar nas consequências, mas é que eu só te quero por perto. Não é pedir muito, né?!

Você tem decisões importantes para tomar, eu só quero te ver feliz. Você não me procura, não parece sentir falta. Eu te procuro em outros corpos, em outros lugares. Não encontro… ainda não. Te procuro nos copos de cerveja e nas festas que não tenho coragem de ir. Você segue sua vida normalmente, e eu só queria ser parte da tua vida também.

Você já não me dá bom dia ou boa noite como era de costume, não me pede para me cuidar. E eu só quero que você me cuide. Eu só quero poder te cuidar. Quero ter a certeza de que você está bem e te pedir que continue a sonhar comigo, pelo menos nos sonhos todos os nossos medos perdem o sentido.

Quero voar, te fazer amar. Quero sentir, te fazer pulsar. Quero gritar, aos quatro cantos do mundo, entre as nossas quatro paredes. Gritar que você está aqui. Gritar que eu não preciso de mais nada. Quero sorrir, te fazer ter motivos para seguir. Quero amar, te fazer confiar.

Deixe o medo de lado, deixe ele pra depois. Eu te prometo, eu não irei te machucar. Deixa ele ficar trancado em uma gaveta escondida dentro do seu peito, você não terá motivos para abrir essa gaveta. Deixe o medo, traga a vontade. Diga que me quer, apesar de tudo, apesar de todos. Por causa de tudo. Diga que vem me ver.

Você parece não se importar, e eu me importo, até demais.

Você não diz nada, eu digo meia dúzia de palavras confusas tentando demonstrar o que eu sinto. Mas a verdade é que não sou boa em lidar com meus próprios sentimentos, ainda não aprendi a me entregar pela metade, a querer pela metade. Sou inteira demais, faço tudo por inteiro.

Eu sei, meu exagero e minha falta de jeito ao lidar com tudo podem te afastar. Mas e meus textos? Eles são capazes de te fazer ficar?

vic

Um comentário em “Perdoa meu exagero?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s