Alerte-se e comemore… ela escolheu ser sua! Olha lá, moço, ela despida em sua frente. Sem roupa, sem mentiras, sem máscaras. Olha esse sorriso de quem muito já chorou, mas agora não encontra motivos para isso. Olha esse olhar de quem muito já se perdeu em outras pessoas, mas agora está completamente achada em você. Olha essas mãos a percorrer seu corpo, começando por sua nuca, como quem já conhece o caminho e sabe que a felicidade a mais que ela está querendo, encontra-se ali, aqui. Nesse(seu) corpo, nesse(seu) jeito, nesse (seu)peito. Toque-a, beije-a, ame-a. Ela vai tirar a armadura e deixar transparecer o que traz no peito. Ela vai deixar a alma totalmente à vista, a sua vista. Ela vai ficar completamente nua com você. Para você. Além de mostrar seu corpo, ela vai mostrar seus medos, sonhos, desejos, amor, fraquezas… Pode apagar a luz, porque a dela será suficiente. Pode fechar a porta, porque lá fora, agora, nada importa. Pode se jogar, porque ela vai te segurar. Mergulhe, sem medo de se afogar. Ela perdeu a vergonha, se vestiu dela mesma e se entregou a você. Não se preocupe, ela sabe o que está fazendo e reconhece todos os riscos. Aliás, ela é isso. Um risco constante. Adrenalina. Nitroglicerina. Mas ainda assim, mesmo sem conhecimento algum em biologia, se propôs ser a personificação de endorfina para te deixar completamente anestesiado à coisas ruins e te dar os maiores e melhores prazeres. Do corpo à alma.

img_6866

Anúncios

Participe da conversa! 1 comentário

  1. Arrasou !!

    Curtir

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

CATEGORIA

Ana Luiza Santana